E o pedestre, como é que fica?

Já está no tempo da Prefeitura dar uma disciplinada na calçada do Hospital Agamenon Magalhães, que fica na esquina da Estrada do Arraial com a Rua Desembargador Góis Cavalcanti, entre Casa Amarela e o Parnamirim.  É que além de aparentemente infectas, as barracas que se amontoam no local estão impedindo o livre ir e vir de pedestres dos dois lados da via. Morador da Góis, que pede para não se identificar, informa que os barraqueiros ocupam espaço público com cadeiras, mesas e mercadorias. Depois, atravessam a rua e depositam o lixo do outro lado, como se vê na foto. O pedestre, nos dois casos, é obrigado a andar na rua.

É claro que todo mundo precisa trabalhar, ganhar a vida. Mas não custa nada trabalhar com disciplina, sem atrapalhar a vida dos outros nem emporcalhar as ruas. O #OxeRecife constatou que a denúncia do morador é verdadeira, pois o lixo se acumula realmente naquele local: restos de comidas, quentinhas, vasilhames de bebidas, caixas de papelão, garrafas  PET. Como os detritos ficam no chão, ainda se espalham por conta da ação de catadores e de cães famintos. Portanto, os dois lados da via oferecem dificuldades para o pedestre andar. Do lado direito (no sentido cidade subúrbio), o lixo se acumula todos os dias na calçada. E as pessoas disputam espaço com os carros, porque normalmente não há como passar.

A Emlurb  até que recolhe, mas algumas horas depois a imundície já é a mesma. De acordo com o morador, a coleta acontece três vezes por semana, quando a calçada vive raros momentos de “limpeza”. Do lado oposto – onde estão as barracas – também há dificuldade para passar. Isso porque muitas mercadorias ficam acumuladas nas calçadas (coco verde, grades de bebidas). Como se isso não bastasse, há cadeiras e mesas de plástico que ocupam indevidamente o espaço público.  Tudo ao lado do esgoto estourado , perto das barracas de alimentos, o que já seria grave se ali não fosse um hospital. Sendo, é mais grave ainda. Cadê a fiscalização da Semoc, Dircom, Emlurb e da Saúde Pública? Se o poder público não faz nada, a tendência é piorar.

Leia também:
“Cidade Limpa”: essa cena vai acabar?
Lixo fecha calçadas
O porco bicho e o humano porco
Quanto mais tira mais lixo aparece
PET vira barreira para reter lixo em canal 
BR 101 vira depósito de lixo
Lixo nas Graças
Lixo nas Graças: entre a falta de cidadania e a omissão das autoridades
Descarte correto de lixo tem manual

Foto e texto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.