Entre a sanfona e o forró, uma ação social na Praça da Independência

Enquanto manifestações juninas – como a Caminhada do Forró e a Procissão do Fogo – tomam conta dos bairros do Recife e de Santo Antônio, voluntários ocupam a Praça da Independência – também no Centro – para uma ação de solidariedade, que tem início às 18h dessa quinta-feira (27). O público alvo é a população carente e os sem teto que moram em ruas e praças.

Entre os serviços ofertados encontram-se: testagem de HIV/ Aids com fluído oral, panfletagem sobre infecções sexualmente transmissíveis, , entrega de preservativos masculinos e femininos, e géis lubrificantes. Também haverá  distribuição de sopa e pão. A iniciativa é do Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+), Movimento da População em Situação de Rua, Pastoral de Rua e Consultório de Rua da Prefeitura do Recife (PCR). Também haverá uma equipe de assistência social para quem necessitar de apoio social e jurídico.

A Praça da Independência se apresenta como um dos locais mais degradados do Recife.  As águas de seus tanques estão  com acúmulo de lixo, tomadas por papelões, garrafas de refrigerante e até restos de comida. Os jardins são usados como mictórios pela população de rua e há até quem tome banho em suas águas sujas. E área também é usada por pessoas que se prostituem, de vário gêneros sexuais. O #OxeRecife esteve lá na manhã de um domingo, e desde então, a situação não mudou muito.

Veja, no vídeo, a situação da chamada Pracinha do Diário:

 

Leia também:
“O que é a sujeira no mundo?”
Amor, música e casório LGTB
Candlelight em clima de protesto
Transcidadania debatida em festival
Sábado de bazares natalinos
Cesta de música: MPB, black e LGBTQI

Texto e vídeo: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: GTP+ / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.