Chuva adia “Caminhada do Forró” e fecha equipamentos culturais do Recife

Urgente. A Caminhada do Forró, cuja concentração estava programada para as 17h dessa quinta-feira (13), acaba de ser adiada. Seria a décima quinta edição, com participação dos sanfoneiros e forrozeiros mais conhecidos de Pernambuco. A informação foi transmitida pela Prefeitura, ao lembrar que “as fortes chuvas (foto) registradas nas últimas horas, correspondem ao previsto para dez dias do mês de junho”.

A Acontecer Projetos Culturais, produtora que realiza o evento anunciará em breve nova data para a tradicional programação, que convida os recifenses a desfilarem a cultura e a alegria juninas pelas ruas do Recife Antigo. Também em função das fortes chuvas, vários dos equipamentos culturais mantidos pela Prefeitura do Recife precisaram suspender suas atividades.

Adiar a Caminhada foi uma decisão sensata. Desde cedo, a postagem sobre o evento recebia mensagens de leitores, via redes sociais, pedindo o adiamento. “Sempre vou todos os anos, mas se a água não baixar”, relatou Graça Gominho, moradora do Ipsep, e que afirmou não ter como sair de casa. “Espero que mudem a data”, apelou Shirley Lima. “Minhas amigas desistiram de ir, era bom que mudassem a data”, sugeriu Rosemeire Sena. “Impossível vai ser sair de casa”, lamentou Maria Luiggi. Logo cedo, José Gomes Neto dizia ser “inviável, infelizmente” qualquer evento hoje. Ao saber dos  adiamentos, elogiou: “Mais sensato”.

Três museus (Murillo La Greca, MAMAM e Museu da Cidade) e  quatro teatros (Santa Isabel, Luiz Mendonça, Apolo e Hermilo Borba Filho), além da Galeria Janete Costa  anteciparam o fim do expediente para garantir a integridade de suas equipes na volta para casa. Antes mesmo da chuva, o Paço do Frevo também já havia anunciado a suspensão das atividades na tarde de hoje, convidando os recifenses ao congraçamento durante o jogo da seleção feminina. A chuva realmente não deu trégua hoje. Tentei sair cedo de casa, mas decidi voltar, quando vi o volume de água nas ruas.

De acordo com a Prefeitura, em apenas seis horas, o Recife recebeu 117 milímetros de chuva, o que representa a previsão para um período de dez dias no mês de junho. Se a cidade já não é preparada para chuvas menores, imaginem o transtorno com esse temporal. Em 12 horas, a precipitação pluviométrica atingiu a marca de 150 milímetros. A Prefeitura informou que mil servidores estão mobilizados, dos quais 350 estão monitorando 9 mil pontos de risco. Quatro árvores caíram (em Santo Amaro, Boa Vista, Boa Viagem e Dois Irmãos).

Leia também:
Sexteto Sanfônico na Caminhada do Forró
Temporada no Pátio adiada devido à chuva
Santo Antônio: casamenteiro, soldado, tenente, vereador cassado  

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.