Semas cobra informações ambientais

Destinação de resíduos sólidos, unidades de conservação, proteção de recursos hídricos, legislação e estrutura de gestão nas secretarias municipais de meio ambiente. Informações como estas vêm sendo solicitadas aos 184 municípios pernambucanos, pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, que deu um prazo até 12 de agosto para que as prefeituras enviem suas respostas. Com elas, o estado terá condições de apoiar, orientar e implementar o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

As informações passarão a ser levadas em conta no planejamento de programas e projetos da Semas, estreitando a relação entre estado e município”, explica o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti. E elas podem ser coletadas por meio de um formulário online, disponível no portal de Informações Ambientais do Estado de Pernambuco – INFOSEMAS:https://www.infosemas.pe.gov.br .

Os gestores devem informar, além da estrutura organizacional voltada para a gestão da área, as ações desenvolvidas nas áreas de licenciamento ambiental, coleta seletiva, gerenciamento costeiro, comunidades tradicionais, educação ambiental, entre outras. A equipe técnica da gerência de articulação socioambiental da Secretaria Estadual de Meio Ambiente estará disponível (por 60 dias) para prestar informações e tirar dúvidas sobre a ferramenta disponibilizada para o preenchimento dos municípios.

Leia também:
Mata Atlântica: PE fez dever de casa

Mais proteção para Litoral Sul
Paulo Câmara: “Não vamos admitir retrocessos na área do meio ambiente”
Descarte de lixo tem manual
Mata Atlântica ganha agentes populares

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.