Festival de Aves no Sul da Bahia

Se você gosta da natureza e está com viagem programada para o Sul da Bahia, vai ter muito o que ver, além das belas praias. É que entre os dias 30 de maio e 1 de junho, acontece o 2º Festival de Aves, na cidade histórica de Porto Seguro, que fica a 592 quilômetros de Salvador e é uma das áreas de grande visitação turística no extenso e luxuriante Litoral baiano.  Ao contrário do que o nome poderia sugerir, o festival não é uma iniciativa comercial para venda de pássaros em gaiolas. Mas sim uma ferramenta para sensibilizar a população sobre a importância da conservação da natureza, utilizando as aves L-I-V-R-E-S como atrativos.

A observação de aves é uma atividade que vem crescendo muito no Brasil, nos últimos anos. Na Bahia, atrai turistas estrangeiros e brasileiros. Já o festival “é uma forma lúdica de envolver a população local e os turistas que visitam a região, para que se tornem também defensores dessa causa”, explica Priscilla Sales, coordenadora do evento, que é  é gratuito. E contará com oficinas, atividades de educação ambiental, contação de história, exposição de fotografias e observação de aves no interior das matas. Na região, existem centenas de espécies de aves, sendo que algumas estão ameaçadas de extinção,   como o ututau-de-asa-branca, o chauá e o anambé de asa branca.

O anambé-de-asa-branca é uma das aves ameaçadas de extinção no litoral do Sul da Bahia: festival em defesa de aves.                                                         

Há palestras interessantes programadas, como Impactos sociais da observação de aves, Observação como ferramenta para desenvolvimento econômico e ambiental, Importância dos Centros de Triagem de Animais Silvestres (CETAS), Roda de Conversa com observadores de aves de Porto Seguro. E também palestras mostrando os prejuízos com a caça de animais silvestres. Quando lembro que o Presidente da República  assinou decreto liberando a compra de 15 a 30 armas por colecionador, atirador e caçador, fico imaginando qual será, daqui para a frente, o destino da nossa fauna. O 2º Festival de Aves é uma realização da Reserva Particular do Patrimônio Natural Estação Veracel, Parque Nacional do Pau Brasil, Refúgio de Vida Silvestres do Rio dos Frades, RPPN Rio do Brasil e da Universidade Federal do Sul da Bahia.

O evento também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Porto Seguro, do Shalimar Praia Hotel, da Associação Despertar Trancoso, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, IBAMA/CETAS, Vitrine Mídia e o Grupo A.R. Hotéis e Receptivo.  A RRPN Estação Veracel, localizada no Sul da Bahia, possui mais de 6 mil hectares que se estendem pelos vizinhos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. O local abriga importantes pesquisas sobre a Mata Atlântica e desenvolve programas de educação ambiental e observação de aves. Em 1998, a Estação Veracel foi reconhecida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) como RPPN e é também reconhecida como sítio do patrimônio mundial natural da humanidade pela UNESCO. Em abril, o local se tornou um centro de pesquisa e difusão científica com a implantação do Observatório de Aves – RPPN Estação Veracel.

Leia também:
Visite o Legado das Águas nas férias
Projeto Papagaio da Caatinga ganha reconhecimento internacional
352 papagaios voltam à vida selvagem
Aves brasileiras são alvo do tráfico
Abaixo as gaiolas: liberdade para os pássaros
Quase 6000 aves resgatadas em 2017
Araras repatriadas para a Amazônia

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Priscila Sales e Jailson Souza/ Divulgação/ Estação Veracel

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.