Lotes irregulares em Mata Atlântica

Como se não bastassem as constantes tentativas de destruição da Mata Atlântica  – incluindo a Mata do Frio – em Paulista, o município vizinho de Abreu e Lima parece estar seguindo o mesmo caminho.  Há alguns dias, 23 lotes que estavam irregularmente demarcados, tiveram plantações, cercados e muros destruídos. Também foram derrubadas algumas edificações (ainda sem moradores) e apreendidos materiais de construção.  A área desmatada chega a quatro hectares, no bairro de Caetés 2, situado naquele município da Zona Norte da Região Metropolitana do Recife.

A Prefeitura do município sofrerá autuação da Agência Estadual de Meio Ambiente (Cprh) para que promova o reflorestamento da área. A ação foi motivada por uma denúncia feita ao Ministério Público de Abreu e Lima, dando conta da movimentação e desmatamento na região. Pela legislação, áreas de Mata Atlântica têm proteção especial para fins de preservação. Participaram equipes da Cprh, da Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma, Polícia Militar), Delegacia do Meio Ambiente (Depoma, Polícia Civil) e Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

A Celpe cortou ligações clandestinas de energia (macacos). Uma equipe da Marinha, que vem reforçando a parceria com a Cprh em ações conjuntas no Parque dos Manguezais, no Recife, também esteve presente. Além do que será destinado à Prefeitura, outros três autos de infração – cada um com multa de R$ 1 mil – foram emitidos durante a ação para pessoas que se encontravam trabalhando nas construções irregulares. Eles poderão ser convertidos em prestação de serviços de recuperação e melhorias que beneficiem o meio ambiente. Outras pessoas que também apareceram na área se prontificaram e até participaram das demolições.  O material apreendido – cerca de  1.500 tijolos, 38 estacas de concreto e duas caixas de água, além de ferramentas – será doado a instituições.

Leia também:
Matas devastadas em Paulista
Matas estão sumindo em paulista
As “matas” de cimento em Paulista
Mata do Frio é devastada 
Prefeito destrói mata e pede acordo
Desmatamento em “pulmão” do Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cprh / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.