O abraço dos ursos e outros abraços

Dizem que abraço de urso, o bicho, é dado com tanta força, que pode até matar um humano que se atreva a recebê-lo. Talvez seja por isso que se convencionou chamar de abraço de urso, aquele mais apertado, com força, energia. E hoje, para quem não sabe, é o Dia do Abraço. Vamos sair por aí abraçando todo mundo?  Dar abraço sincero, fraterno, forte em quem encontrar? Um abraço, puro e simples, com certeza, deixa qualquer pessoa mais feliz.

O Dia do Abraço, é  data internacionalmente comemorada e começou por iniciativa de um homem australiano, cujo pseudônimo era Juan Mann. Em 2004, ele criou a campanha Free Hugs Campaign, na qual distribuía gratuitamente abraços pelas ruas de Sydney, com o objetivo fazer as pessoasmais felizes. E hoje o que não vai faltar é “abraço de urso”, ação bem criativa de uma empresa privada, com sede em Gramado (RS), mas com filiais em várias cidades brasileiras, onde serão distribuídos… A-B-R-A-Ç-O-S.

É que aproveitando mote, a rede de pelúcias personalizáveis, Criamigos (foto ao lado) está fazendo uma ação semelhante a Juan, incentivando funcionários, clientes (adultos e crianças) e passantes pelas suas oito lojas em operação, a trocarem abraços. “Percebemos que a data está em total alinhamento com nosso propósito, que é espalhar amor em forma de pelúcia e no abraço de urso”, diz a sócia fundadora da empresa, Veronicah Sella.

“Por isso, queremos contagiar e contabilizar um maior número de abraços nesse dia pelas ruas e em volta das nossas praças de atuação”, afirma. Para chamar a atenção, os atendentes – conhecidos como amigursos – estão vestindo camisas com o mote da campanha, e circulam pelos shoppings e avenidas, distribuindo abraços grátis. “O abraço é o melhor jeito de acolher e transmitir boas energias para o outro então, vamos multiplicar boas intenção e afeto”, diz a empresária. Eu, particularmente, adoro dar abraços. E receber, claro. Então, vamos nos abraçar, que o amor constrói.

Deixando de lado as iniciativas comerciais,  vejam que ato bonito, que aconteceu na semana passada, na  Fundação Pierre Verger, em Salvador,  durante o chamado Café da Resistência, onde o clima era de total fraternidade. E abraço foi o que não faltou, para comprovar como esse gesto amigo fortalece os vínculos e afetos entre as pessoas.  Abraços, abraços, abraços.  Veja como os abraços estão presentes, no vídeo abaixo, que me foi enviado pelo meu querido amigo Fernando Batista, que está residindo na Bahia, onde foi visitar obra social capitaneada pela Ebomi Cici, uma das pessoas mais abraçáveis que conheço. E que tem sempre um grande abraço para dar.  Vovó Cici, como é mais conhecida, estará com seu abraço e sua sabedoria, na Sebo  Casa Azul, em Olinda,  dias 25 e 26 de maio (links no Leia também). E aquele abraço, para todo mundo!

Veja, no vídeo abaixo, como o abraço é nobre:

 

Leia também:
Laboratório da Paz transforma morros
Gentilezas urbanas do outro lado do rio
Ebomi Cici fala sobre orixás e convivência com Pierre Verger 
Dia das Mães: Vovó Cici (80) vai da Bahia ao Rio de Janeiro visitar a sua (de 104)
Vovó Cici no Paço do Frevo

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins e Divulgação/ Criamigos
Vídeo: Fernando Batista/ Cortesia

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.