Violetas da Aurora em Mesa de Glosas

Essas meninas são uma graça. Palhaças, criaram o Coletivo Violetas da Aurora. E agora, vivem por aí alegrando as pessoas. Quem não gosta de dar uma boa gargalhada? Ainda mais no final de semana, quando todo mundo quer mais é descontrair. Já conhecidas pela participação em festivais, em palcos e outros espaços culturais, elas baixam no Poço da Panela na sexta-feira, dia 10 de maio, com o mais novo espetáculo do grupo: Mesa de Glosas. A apresentação será a partir das 21h, no Poço das Artes, espaço que vem se firmando pela movimentação cultural (incluindo a musical), naquele bucólico bairro da Zona Norte.

Seguindo a tradição mambembe, não haverá ingresso com preço fixo. A turma passa o “chapéu colaborativo”.  O Poço das Artes, como vocês sabem, fica na Rua Álvaro Macedo, 54, a mesma da icônica Venda de Seu Vital. A Mesa de Glosas, como as garotas definem, é “uma suruba de poesia, prosa, conversa, umbigadas e cantigas temperadas com muita ousadia”. Na brincadeira, elas celebram poesia e prosa de ninguém menos que Lou Salomé, Clene Valadares, Hilda Hilst, Gioconda Belli, Wislawa Szymborska. E ainda comemoram o centenário de Jackson do Pandeiro, para elas “uma eterna inspiração”. O espetáculo estreou em Festival Louro do Pajeú, realizado no Sertão. Por esse motivo, a mesa de glosas – na qual os poetas populares fazem os desafios – serviu como ponto de partida. Agora a turma faz o circuito Recife – Olinda.

O Coletivo Violetas da Aurora foi criado em agosto de 2017, por Ana Nogueira, amigona da blogueira aqui, que encarna a Dona Pequena. E também por Fabiana Pirro (Uruba), Mayra Waquim (Maroca),  e Sílvia Góes (Sema Roza Madalena).  Elas se consideram irmãs de picadeiro, já que iniciariam juntas a vida de palhaças, após o Curso de Formação de Mulheres Palhaças, realizado em  2010. Já o nome Violetas da Aurora, remete a um exercício de criatividade, proposto pela mestra, formadora e atriz palhaça, Adevalne Neia, que desenvolve pesquisa pioneira sobre palhaçaria no Brasil.

Mas quem quiser ir ao Poço das Artes na quinta, não vai se queixar. A partir das 20h30m, tem show de João Paulo Albertim (cavaquinho), Bruno Nascimento (violão sete cordas) e João Victor (Pandeiro). E no sábado, 11, é a vez do Gingadinho Trio. Couvert, para essas duas apresentações, varia entre R$ 10 e R$ 15 por pessoa (em espécie).  O Poço das Artes tem funcionando como uma boa opção de fim de semana, quando o assunto é programa musical de qualidade. Há cerveja gelada, comidinhas e bom bate-papo. E o estacionamento é tranquilo.


Leia também:
As palhaçadas das Violetas da Aurora
Cursos no Sesc: teatro, música, dança
Cabaré dos Sonhos em Santo Amaro
Jornalista, atriz, palhaça e amiga
“Electra no Circo” na João de Barros

Serviço:
O quê: Violetas da Aurora em Mesa de Glosas
Local: Poço das Artes, na Rua Álvaro Macedo, 54, Poço da Panela
Quando: sexta, dia10 de maio
Hora:
21h
Classificação etária sugerida: 14 anos
Quanto: chapéu colaborativo

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.