“Dançar a vida”, na Rua da Moeda

Já dizia Roger Garaudy (1913-2012) que a dança “é um indicador de transcendência”. O filósofo francês chegou a indagar: “O que aconteceria se, em vez de apenas construir a nossa vida, nós nos entregássemos à loucura ou a sabedoria de dançá-la?” No seu livro, Dançar a Vida, ele mostra como é importante o ato de… dançar. E 29 de abril é o Dia Internacional da Dança. Mas no Recife, as comemorações para o grande público ocorrem no domingo, quando 20 grupos se apresentam no palco do Projeto Dançando na Rua, na Rua da Moeda.  Vários estilos foram contemplados. Tem dança para todo gosto. O horário das apresentações será entre 14h e 19h, no Bairro do Recife. O acesso é livre.

As coreografias são de diversos ritmos e escolas: da dança clássica à contemporânea, da dança de salão ao jazz, do sapateado ao popular. Tem até a oriental dança do ventre. E o frevo, claro, não pode faltar. Cada grupo terá, no máximo, 5 minutos de apresentação. Vejam só quem se apresenta: Ballet Simone Monteiro, Venicius Passos, Dupla Brow e Tal, Aria Social, Valdeck Farias, Simone Mahayla Dança do Ventre, Cia Zambak, Cia Aje de Dança, Animatroonicz, Veridiana Melo, Cia de Dança Marcelo Lima, Carol Lemos Dançar’t, Grupo Sapateart, Escola de Frevo do Recife, Escola de Dança Jaime Aroxa Recife, Balé Popular Do Recife, Grupo Compaz Alto Santa Terezinha, Núcleo de Formação de Bailarino, Nosso Espaço de Dança, Elide Leal, Fernanda D’angelo Grupo de Dança.

Tem mais: Na ocasião, serão sorteados vários prêmios para os bailarinos participantes, como: isenção de matrícula na escola Carol Lemos; um mês de gratuidade da Simone Mahayla;  desconto de 50% na mensalidade durante seis meses em qualquer curso da Venicius Passos; aula aberta no Stúdio de Danças; kits de artigos de dança das lojas Toda Dança; Disk Dança e Yaya; além de procedimentos estéticos da Angioclínica La Cure e curso na Balada Make. O Sindicato dos Artistas de Pernambuco sorteará duas isenções das taxas para registro profissional na Delegacia Regional do Trabalho (DRT) e espaço na capa e na contracapa do Jornal Ribalta do mês de maio.

A Associação Social Comunitária (Afma) montará estande na Rua da Moeda, oferecendo bolsas para cursos de formação em dança clássica, teatro, canto, musicais, instrumentos musicais e pintura em tela. Publicação nacional, a Revista Dança Brasil garantirá espaço para a cobertura do evento na sua próxima edição. E, na segunda (29), tem mais programação. A Secretaria de Cultura e a Fundação de Cultura do Recife promoverão uma escuta com bailarinos e grupos de dança da cidade para apresentar ações e ouvir sugestões para o setor. Será das 14h às 17h, no Paço do Frevo. Os festejos em homenagem ao Dia Nacional da Dança, no dia 28, estão incluídos na programação do Recife Antigo do Coração, que acontece no último domingo de cada mês, no Bairro do Recife.

Leia também:
Dança sobre vida depois da morte
Dança ocupa palcos do Recife
Noite flamenca na terra do frevo
Festival de Dança tem 17 espetáculos

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.