Plásticos poluem Boa Viagem

Meu Deus, onde vai parar nosso Planeta? Que será dos seus riachos, rios e oceanos? E o que dizer de nossas praias, esses paraísos que a natureza nos deu? É preciso, urgente, que mudemos de atitude, quanto ao destino do lixo. Inclusive em relação aos descartes de plástico. Até porque as entidades internacionais já começaram a advertir: se a situação persistir, haverá mais plásticos do que peixes nos oceanos, em 2050. Olhem só o lixeiro da foto. Esses detritos foram recolhidos em uma pequena extensão de areia. Sim, isso tudo que vocês estão vendo.

Sinceramente, não acho que a previsão sobre 2050 seja alarmista. É só andar pela praia de Boa Viagem, em dias onde há alguma presença de sargaço na areia. Com as algas marinhas, chegam agregados os resíduos sólidos. Em sua maior parte, plásticos: sacolas, colheres, garfos, copos descartáveis, garrafas, embalagens de alimentos, o diabo a quatro. Semana passada, antes de machucar o pé – que está imobilizado – recolhi bastante lixo na faixa de areia, na Zona Sul. Tinha boiando na água. E havia muitos agarrados no sargaço na areia. A maior parte era formada de plásticos.

Imagens dramáticas têm se espalhado nas redes sociais: advertência em defesa dos oceanos (Foto Internet).

Uma dupla (de rapazes) que tomava sua cerveja, sob um guarda sol, me parabenizou. “Senhora, meus parabéns, se todos fizessem isso, a praia era mais limpa”, disse-me um deles, enquanto me via na operação individual de limpeza. Respondi: “se ninguém sujasse, era mais limpa ainda”, de olho nos copos que deixaram na areia. Pois os garotos não saíram do lugar para apanhar um só lixinho. E ainda deixaram a sujeira lá. Se cada pessoa apanhasse três, seis ou doze descartes indevidos na praia, já fazia uma grande diferença para a natureza. Vamos fazer isso? Não custa nada.

Cadê os canudos de papel prometidos pela Campanha Praia Limpa? Até hoje, não vi nenhum coco verde com eles. Tenho sim, visto de monte, canudos plásticos jogados na areia (que terminam sufocando as tartarugas, e até enganchando em suas narinas) E vão parar aonde? Agora prestem atenção: estão vendo o lixeiro da foto? Tudo isso foi recolhido na areia, em extensão correspondente à fachada do número 3906 da Av Boa Viagem, o Ana Celina, aquele que fica na esquina da avenida com a Rua Ribeiro de Brito. Se na frente de apenas um prédio, o mar nos devolve esse “presente”  em quantidade, imaginem em toda a extensão das praias do Pina e Boa Viagem, aqui no Recife? E nos 184 quilômetros de Litoral de Pernambuco, já imaginaram se juntássemos o lixo todo? Pensem nisso, antes de descartar seu plástico onde não se deve.

Leia também:
Mutirões espontâneos contra o lixo
Mar terá mais plásticos do que peixes em 2050
“Colete três plásticos na areia”
A praia de Boa Viagem está limpa?
Feliz 2019 com consciência ambiental
O Recife que queremos em 2019

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Letícia Lins e Internet

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.