Mais Vida nos Morros se amplia

Mais uma localidade do Recife de novo layout. Dessa vez é a comunidade do Burity, na Macaxeira, que está sendo beneficiada pelo Programa Mais Vida Nos Morros, que vem mudando a paisagem dos altos do Recife. Cerca de 170 famílias participaram de um mutirão, para pintar suas casas. Para tanto, receberam tintas, pincéis, baldes e orientação para pintarem assuas residências.

Informa a Prefeitura que “o Mais Vida nos Morros é uma política pública de cidadania e desenvolvimento sustentável para os morros do Recife, cujo objetivo é de estabelecer que o morador seja o protagonista da transformação do seu bairro, e que assim ele passe a cuidar muito mais do lugar onde vive”. O projeto – pelo qual tenho simpatia – é considerado referência nacional em espaços urbanos para a Primeira Infância. Isso porque ao lado da pintura e revitalização de casas e espaços urbanos, há desenhos lúdicos, voltadas para as crianças e que lhe permitam um ambiente propício para brincar.

No Alto do Buriti,na Macaxeira, Zona Norte do Recife, a paisagem começou a mudar com o primeiro mutirão.

É que a maior parte dos locais conta com desenhos no chão que servem para brincadeiras tradicionais infantis. Como a amarelinha, por exemplo. Em algumas áreas, estão sendo implantadas pequenas hortas, inclusive com a entrega de mudas, para aqueles que dão ideias para a implantação do Mais Vida nas respectivas comunidades. Algumas locais, como Beberibe, vêm atraindo um número maior de visitantes, inclusive utilizadas como cenários para fotografias e para selfies.  Agora, acredito que para ser sustentável mesmo, o amor da comunidade ao alto onde reside não é tudo. É preciso iniciativas como qualificação,  microcrédito e geração de renda que permitam que os moradores dos morros possam empreender, já que emprego está cada dia mais difícil. De qualquer forma, a revitalização dos altos já é um primeiro passo. Não seria uma tarefa difícil, porque trabalhar e ganhar, todo mundo quer.

O Mais Vida nos Morros teve seu início em 2016 e já beneficiou diretamente mais de 13 mil recifenses, moradores do Alto do Maracanã, Córrego do Jenipapo, Mangabeira/Alto José do Pinho, Ibura, Alto Santa Isabel, Morro da Conceição, Sítio São Brás, Beberibe e Vasco da Gama. Dois dos altos beneficiados, o Córrego do Jenipapo e Beberibe já foram alvos de visitas do Grupo Caminhadas Domingueiras. Em uma delas, o Alto do Jenipapo, estive presente. Em Beberibe, não pude ir. Mas a julgar pelas fotos, a paisagem ficou bem bonita. “O mutirão é o momento que o sentimento de comunidade começa a se fortalecer, e quando passa a acreditar que é possível transformar sua realidade”, destaca Tullio Ponzi, secretário executivo de Inovação Urbana do Recife. “Estamos muito animados com esta participação da população e em 15 dias nós teremos mais um mutirão aqui na localidade”, acrescentou o gestor, referindo-se  ao Buriti, que  deverá contar com três mutirões para ficar tão colorido quanto Beberibe (foto de abertura do post)

Leia também:
Que tal turismo nos morros coloridos?
Novas cores dão vida à Mangabeira
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo
Parklet popular na Estrada do Arraial 
Nova fase para o Mais Vida nos Morros 
Laboratório da Paz transforma morros
Cultura e “Caos Suburbano” agitam Alto José do Pinho

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Andréa Rego Barros/ Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.