“Herói de Sete Cores” é tema de livro

A partir de uma história contada pelo avô de um garoto da turma, um grupo de meninos conhece a saga de um pintor-verdadeiro (Tangara fastuosa) que surgiu – com a típica plumagem que mistura sete cores vivas – ao salvar a chamada Pedra do Suspiro, um lugar doente e inóspito, no qual ele dissemina sementes. A história está no livro Herói de Sete Cores – nova publicação infanto juvenil  que a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) lança na sexta (22), dentro da programação da Semana da Água. Com ela, os garotos aprendem que as aves merecem respeito e porque devem viver livres disseminando sementes, o que não podem fazer quando vivem no cativeiro.

Livro tem texto de Franci Palhano, ilustração de João Lin, bordados de Neyde Néri, e fotos de Leandro Lima: criativo

Dedicada ao pintor-verdadeiro, pássaro ameaçado de extinção e que dá nome ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), o livro é de autoria da jornalista Franci Palhano. As ilustrações são reproduções de bordados feitos pela bordadeira Neyde Nery, a partir de desenhos e esboços do respeitado ilustrador e quadrinista João Lin. A exemplo de publicações anteriores da Cprh a obra – com tiragem inicial de 1.600 exemplares – foi impressa a partir de reversão de parte de multa ambiental e de parceria no caso, com a Usina São José.

O livro será distribuído com alunos em atividades de Educação Ambiental. E, em breve, o e-book será disponibilizado no portal da Cprh (www.cprh.pe.gov.br).   A publicação faz parte do programa Comunicação para Sustentabilidade, do Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental (Ncsea) da Agência. O lançamento será às 9h da sexta-feira(22), no auditório do Parque Estadual de Dois Irmãos (Pedi), com narração da contadora de história Mônica Xavier. O lançamento terá ainda encenação teatral da esquete Água! E eu com isso?, com um enredo que reforça que todos têm responsabilidade pela preservação dos recursos hídricos e alerta contra o uso de agrotóxicos, e trilhas educativas abordando o tema Águas do Parque. Tudo dentro da programação conjunta da Semana da Água, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (Semas), Cprh e Pedi.

Leia também:
“Quem vai salvar o rio”?
Os pequenos escritores do Recife
Alunos fazem livros sobre 20 bairros
Semana da Água: o que comemorar?
Cipoma destrói rinhas de canários
Pintor ameaçado salvo por Edivânia
Animais voltam à natureza em Pernambuco

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação/ Cprh

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.