Agenda do carnaval, 20 de fevereiro

Pátio de São Pedro,  Bairro de Santo Antônio,18h – Encontro de baques de caboclinhos e tribos de índios. Embora sejam folguedos parecidos e facilmente confundidos pelo público, caboclinhos e tribos se diferenciam.  Os primeiros usam preacas, para fazer a marcação da pulsação ritmica do folguedo, o que não ocorre com as tribos. As preacas lembram arcos e flechas, sendo que o arco possui orifício que emite o som que guia os passos dos caboclinhos.  Nas duas manifestações, no entanto, as fantasias se parecem: cocares, penas, colares. Hoje passam pelo Pátio: Tupinambá do Recife, União 7 Flexas, Caetés de Camaragibe, Cahetés de Goiana, 7 Flexas,, Kapinawá, Tapajós, Tupã(caboclinhos). E também as tribos de índios Tupi Nambá e Papo Amarelo.

Na Loja Passa Disco, Rua da Hora, 345, Espinheiro, 19h –  O compositor e cantor Rogério Rangel lança novo álbum de frevo, Além da Quarta-feira. Com participação de Maestro Spok e coral do Bloco da Saudade.  Com direito a pocket show. Entrada livre. O preço do CD é R$ 10.  Na Passa Disco pode-se encontrar, também, o CD Folia Geral, lançado na semana passada.

Leia também:
Os 122 anos do Caboclinhos Carijós
A missão de Pai Jeferson Nagô
Arsenal tem 18 tribos de caboclinhos
Ternos de caboclinhos vão ao Pátio
Caia na folia do maracatu e dos caboclinhos

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Lou Streithorst/ PCR/ Arquivo #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.