Parem de derrubar árvores (159)

Mais um tamborete à vista, no Recife. Dessa vez, na movimentada Avenida Rui Barbosa, bem pertinho da esquina com a Rua Cardeal Arcoverde. Quem me envia a foto, do bairro das Graças, é o leitor José Gomes Neto, que transformou-se, como o #OxeRecife em um “patrulheiro” da natureza. Não é a primeira vez que ele me envia  fotos com cenas do arboricídio que toma conta de ruas, parques e jardins de nossa querida cidade.

“Novidades na Babilônia em chamas”, avisa ele, com fotos da árvore degolada. Não acompanhei o suplício dessa planta da Rui Barbosa, e ainda não tinha visto o toco, pois não tenho passado nessa via com frequência.  Mas desconfio que ele resultou do tombamento da árvore, durante  o último temporal registrado no Recife, quando três caíram (Campo Grande, Casa Amarela e Graças). Acidentes, claro, acontecem, principalmente em dias de vento e chuva.

Gostaria de torcer para que o tronco voltasse a brotar, e que a árvore cumprisse, outra vez, a sua função na natureza.  Mas pela posição que ficou, talvez não haja condição de esperar um renascimento, pois cresceria para o asfalto, já que e está com o caule inclinado para a avenida.  O que a sociedade espera é que a reposição seja feita o quanto antes.

Gomes já tinha me enviado, imagens anteriores de destruição de árvores, porém na Avenida Rosa e Silva. “Essa vítima  estava, ou ainda está, na Av Rui Barbosa, próxima ao cruzamento com a Rua Cardeal Arcoverde, nas Graças”, me informa ele. “A tormenta continua. Fotos registradas na tarde da quarta-feira, 30 de janeiro”. Tenho visto, também, nos jornais locais, denúncias de leitores  contra ação da motosserra insana. Tomara que todo mundo reclame mesmo. Quem sabe, as autoridades do Recife não passam a ter um carinho maior com o verde da cidade?

Leia também:
Parem de derrubar árvores (148)

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: José Gomes / Cortesia do Leitor

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *