Chuvas de duas semanas em doze horas

O tempo, realmente, está meio maluco. Antigamente, verão era verão (estação do sol). E inverno era sinônimo de chuva aqui em Pernambuco. E geralmente ele chegava no final de carnaval, anunciando as chuvas de março. Mas estamos em plena temporada de calor e, depois da tempestade de janeiro, temos agora outra novidade em fevereiro: chuvas acumuladas. É que em apenas doze horas, o Recife recebeu  o equivalente a duas semanas da média histórica de todo o mês de fevereiro, que é de 144 mm. Mas entre 21h da terça-feira e as nove da quarta, tivemos 74,4 mm.

A informação é da Defesa Civil da Prefeitura do Recife, que está nas ruas com efetivo de 700 profissionais, atuando em morros e alagados. E 260 outros estão trabalhando em obras de drenagem. Cerca de 31 mil moradores de área de risco receberam avisos, sobre o aguaceiro. Houve um pequeno deslizamento no Alto do Passarinho, e 77 outros chamados para vistorias no período. A  Defesa Civil do Recife mantém um plantão permanente e pode ser acionada através do 0800 081 3400. A ligação é gratuita e a Central de Atendimento funciona 24h.

Outro problema são as árvores. Se já são poucas e sofrem cortes radicais que lhes levam à mote, onze árvores tiveram queda parcial ou total no Derby, Aflitos, Campo Grande, Cohab, Dois Unidos, Ibura, Tamarineira, Torre, Graças, Cais José Estelita e Lagoa encantada. Vamos ficar de olho, para monitorar a reposição de árvores que tombaram em caráter definitivo. O trânsito também ficou caótico, hoje.  Nada menos de 65 sinais enguiçaram, de acordo com a Cttu. “Mas 21 já foram atendidos”, segundo a Prefeitura. Imaginem quando o inverno chegar para valer.  Vai ser o caos, Deus nos acuda. Enquanto isso, dezenas de bairros reclamam que as torneiras estão secas. Cadê a Compesa?

Leia também:
Chuva de 21 dias em três horas
Com chuva e sem água na torneira 

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *