Chorinho com Duo Sensível no Poço

Se fosse vivo, Waldir Azevedo (1923-1980) estaria com 95 anos. Ele nasceu no dia 27 de janeiro. Por esse motivo, o mestre do cavaquinho e do chorinho será homenageado pelo Duo Sensível, neste final de semana, durante apresentação no Poço das Artes que, como o #OxeRecife sempre ressalta aqui, tornou-se certeza de programação musical de boa qualidade na Zona Norte da nossa cidade.

Formado pela dupla Marco César (violão de sete cordas) e João Paulo Albertim (cavaquinho), o Duo Sensível vai executar repertório exclusivo do compositor. Entre os clássicos escolhidos, encontram-se Brasileirinho, Dedicado e Pedacinho do Céu. A dupla  ainda traz Alexandre Milton (bandolim), como convidado. A apresentação acontece às 20h30m do dia 25 de janeiro (sexta-feira).

O couvert é R$ 15 em espécie. Como vocês sabem, o Poço das Artes fica na Rua Álvaro Macedo, 54, no Poço da Panela. O Duo Sensível foi constituído em 2016. “Os arranjos e composições são apresentados com refinamento e de forma camerística, atendendo aos mais exigentes ouvintes habituados à música erudita”. Eles dizem que os compositores escolhidos para suas apresentações “são referências na habilidade de criar belas melodias que aguçam a sensibilidade dos ouvintes”.

Portanto, não surpreende que a dupla tenha escolhido o repertório de Waldir Azevedo para apresentação, com músicas do mestre do chorinho. João Paulo Albertim estudou no Conservatório Pernambucano de Música, e gravou seu primeiro CD em 2011: João Albertim toca Pernambuco. Marco César é membro da Academia Pernambucana de Música e Professor do CPM. Já atuou como solista em diversas formações, e atualmente lidera a Orquestra Retratos, Quinteto Bandolins do Recife, Coral Edgar Morais e Marco César e Trio.

Leia também:
Noite movida a fado no Poço da Panela
Pérolas para Jobim no Poço da Panela
Geraldo Maia, voz e violão no Poço
Poço das Artes: música e mamulengo
Tributo a Mercedes Soza no Poço
Dorival Caymmi, Amor e Mar no Poço
Música sem fronteira no Poço das Artes

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *