O Recife precisa é de carinho!

Que bom que tem gente se movimentando, aqui no Recife contra a situação precária em que se encontram as nossas praças. E o abandono tanto ocorre nas do Centro quanto nos subúrbios. Foi só o #OxeRecife postar aqui matéria sobre o abaixo-assinado que está correndo nas redes sociais, para o assunto pipocar. Choveram comentários aqui no Blog, na caixa de e-mail e ainda por telefone. Muitas pessoas queriam saber como assinar o documento. Até um jornal local correu atrás, e noticiou a iniciativa do Grupo Amantes do Recife, que está colhendo adesões para enviar a correspondência ao Prefeito do Recife, pedindo providências.

“Como assinar?”, indaga a leitora Rosemary Siqueira. “Essa gestão, das 22 promessas de campanha cumpriu na íntegra apenas 3, 17 parcialmente” diz. As outras, segundo a leitora, “nem saíram do papel”.”Massa”, afirma Pedro Lima, referindo-se à iniciativa dos Amantes do Recife. E reclama: “Se for ao bairro do Recife, a história é outra. Essa gestão atual só pensa nos setores comerciais, destinados aos que têm melhores condições financeiras”.

Antonieta Barbosa parabeniza o coordenador do grupo, Ubirajara Lopes Carvalho, que já andou até fazendo plantios e recuperando equipamentos de nossas praças. “Parabéns, amigo, você é exemplo de determinação e amor à cidade”. Ângela Almeida indaga como subscrever a carta e Marco Antônio Veloso não acredita que a mobilização renda resultados: “Perda de tempo”. É, Antônio. Mas é melhor acreditar que a mobilização vai render alguma coisa. Porque se não render, vai aumentar a quantidade de vezes que a gente pode se deparar, aqui no Recife, com cenas de desordem urbana. Como a da foto, flagrada por várias vezes na Ilha do Leite.

Leia também:
Mobilização nas redes sociais contra o abandono das praças do Recife
Praça Dezessete está abandonada
Praça Dom Vital em petição de miséria
Maciel Pinheiro: falta grama e sobra lixo
Praça Dom Vital parece um ninho de rato

Texto e foto: Letícia Lins/ #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.