Mobilização nas redes sociais contra o abandono de praças do Recife

Diante da situação vexatória em que se encontram as praças do Recife,  inclusive as do Centro – como a Dom Vital (foto)  e a Dezessete – o Grupo Amantes do Recife está utilizando as redes sociais, para recolher assinaturas pedindo providências ao Prefeito Geraldo Júlio (PSB), cuja gestão deixa muito a  desejar quando o assunto é o cuidado com praças, jardins públicos, parques e a arborização da cidade. A Carta Aberta a ser enviada ao socialista já está em fase de coleta de assinaturas.

“Os cidadãos, as cidadãs e demais amantes do Recife vêm, perante Vossa Excelência, protestar contra a falta de cuidado da Prefeitura com praças, ruas e monumentos históricos do centro da cidade. A sujeira, as pichações, a falta de zelo com os jardins públicos estão nos causando constrangimento”, reclamam os signatários. E prosseguem os Amantes do Recife: “Solicitamos que seja colocado pelo menos um jardineiro nas principais praças da cidade, que seja feito o replantio das gramas e plantas, que haja limpeza diária e aguem os jardins. Que sejam limpadas as fontes e pichações das estátuas e bustos”.

Praça Dezessete virou um dos símbolos do abandono do Centro do Recife que mobiliza Amantes do Recife na Web.

E prosseguem: “Que sejam retirados os moradores de rua, viciados e todos os vagabundos que estão em praças, parques e ruas do Centro”. Assinei o abaixo- assinado, pois concordo com a degradação  é cada dia pior nos nossos espaços públicos. Mas fiz uma ressalva ao administrador do grupo, Ubirajara Lopes Carvalho.  Assinei, mas não gosto do termo “vagabundos” e pedi ao advogado que na mensagem enviada ao Prefeito essa rotulação não fosse utilizada. “Não devemos rotular todas essas pessoas de vagabundos, mas chamá-las de sem teto, pois provavelmente tem gente na rua por necessidade, gente que perdeu casa, emprego”.

Nesses tempos de radicalização política e de tentativas de higienização – como ocorreu recentemente na Prefeitura de São Paulo – realmente sou contra esse tipo de generalização. Mas assinei a petição com essa ressalva, pois concordo sobre a penúria de nossas praças. Realmente a situação é de vergonha. Quem sabe, com esse pedido coletivo, as autoridades municipais não se sensibilizam? Felizmente o advogado Ubirajara Lopes  Carvalho concordou com minha colocação.  “Você tem razão. Vou ver se é possível corrigir”. Ótimo. Fica, portanto, o registro dessa ressalva. Por mim e pelo #OxeRecife, que é contra qualquer tipo de discriminação, incluindo a social.

Leia também:
Praça 17 está abandonada
Praça Dom Vital em petição de miséria
Praça Dom Vital parece um ninho de rato
Praça Maciel Pinheiro: falta grama e sobra lixo
Bairro de São José: o Haiti não é aqui

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *