Que tal turismo nos morros coloridos?

Já está no tempo do Projeto Olha! Recife (que é oficial)  e também da iniciativa privada começarem a organizar passeios para que as pessoas conheçam melhor os morros da Capital. Ainda mais agora, que muitos deles ganharam alegre colorido, através do Programa Mais Vida Nos Morros, que mudou a paisagem de oito altos da Capital, entre eles Córrego do Jenipapo, Mangabeira, Santa Isabel, Sítio dos Pintos. A intervenção mais recente ficou pronta no final de semana.

É na Rua Vitoriana, em Beberibe, na qual cem famílias foram beneficiadas e ganharam até uma cantata natalina. A ação conta com participação da comunidade para a transformação dos espaços com pinturas, arte e cuidados de meio ambiente. Na via contemplada pelo programa, cerca de 100 famílias foram beneficiadas. Para que o trabalho não se limite às paredes, os moradores aprenderam a técnica da compostagem para implantação de hortas. O Prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), esteve no local com toda a família. Até o momento, 13 mil recifenses foram beneficiados com o Mais Vida nos Morros.

Na Zona Norte, já entraram no Programa o Alto do Maracanã (Dois Unidos), Córrego do Jenipapo, Mangabeira/ Alto José do Pinho, Alto Santa Isabel, Morro da Conceição, São Brás (em Sítio dos Pintos) e Beberibe. Na Zona Sul, entrou no Programa Ibura/ Três Caneiros. Locais onde havia acúmulo de lixo viraram áreas de lazer, convivência, contemplação e contam com hortas ou parklets. Algumas dessas comunidades estão trabalhando com minhocários, para adubar suas hortas comunitárias.

“Nossa rua ficou linda depois dessa intervenção das pinturas”, comemorou a aposentada Maria de Lourdes, moradora do local há mais de 40 anos. O Programa é feito em parceria com a Tintas Coral. Já estive em algumas dessas áreas nas minhas caminhadas – Jenipapo, Mangabeira, Alto Santa Isabel e Morro da Conceição – e  realmente vale a pena visitá-los. Mas tirando o Morro da Conceição (onde já existe toda uma economia devido ao Santuário que atrai romeiros e movimentam o comércio local) não vi mudança significativa no que diz  respeito à geração de renda. Em algumas áreas, vi iniciativas tímidas de venda de lanches, doces, como no Jenipapo. Com turismo criativo lá em cima, a coisa ficaria melhor para os moradores de altos beneficiados.

Leia também:
Vá de bike com a La Ursa Tours
Nova fase para o Mais Vida nos Morros
Morros começam a ganhar hortas
Novas cores dão vida à Mangabeira
Morro da Conceição no Olha! Recife
Parkelet popular  na Estrada do Arraial
Santuário se veste de azul e Branco
A paisagem colorida do Córrego do Jenipapo

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Fotos: Letícia Lins e Andrea Rego Barros/ Divulgação/PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.