Museu do Una faz bingo e Cantata Natalina no Palco da Locomotiva

Fundado por iniciativa particular, e hoje um verdadeiro patrimônio para o município de São José da Coroa Grande, o Museu do Una está em clima festivo. É que no próximo dia 20 de dezembro realiza Cantata Natalina, a partir das 18h, no Palco da Locomotiva , que fica nos jardins da instituição.

O palco tem esse nome devido à locomotiva a vapor (foto), modelo popularmente chamado de Maria Fumaça. A máquina é francesa e datada de 1926. E é a maior peça do Museu do Una, motivo pelo qual fica na parte externa, onde estão, também os cilindros da primeira padaria de São José da Coroa Grande, a primeira fiandeira de coco usada no município (para produzir as fibras usadas para confecção de capachos), e até uma máquina que serviu na produção de estopins, e que pertenceu à fábrica de pólvora Elephante.

Na programação do dia 20, constam apresentações do Grupo de Flautas Harmonia Jovem e do Coral Flor da Terra, ambos formado por alunos da Escola Estadual Mestre Zuza, que fica na Várzea do Una, distrito daquele município onde também está instalado o Museu do Una. No mesmo dia, haverá um bingo, em benefício do Drama da Paixão, encenado pelos moradores durante a Semana Santa.   São José da Coroa Grande situa-se no Litoral Sul de Pernambuco, 123 quilômetros do Recife.

A praia é local de veraneio do engenheiro Bertrando Bernardino (amigo aqui do #OxeRecife). Ele fundou o Museu do Una em 2000 e que até hoje o mantém com recursos próprios. Desde a fundação,o  Museu já recebeu mais de 36 mil visitantes, e é constantemente utilizado pelos estudantes do município.  Seu setor mais recente é a Sala de Tecnologia, que contém painéis sobre Aeronáutica, Astronáutica, Comunicações e Invenções que ficaram na História.  Maiores informações no Instagram ou no site  www.museudouna.com.br.

Leia também:
O homem que fundou e mantém um museu
Igarassu preserva 500 anos de história

A menina que salvava livros
Trem virou saudosa memória em Pernambuco
Que saudade do apito da locomotiva
Bonde virou peça de museu
Postal virou peça de museu

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Fotos: Bertrando Bernardino/ Museu do Una/ Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.