“Resistência: não ao arboricídio”

Nem mesmo o aplicativo Arborize vai evitar que o #OxeRecife permaneça registrando as marcas do arboricídio no Recife. No último sábado, a leitora Sofia de Paula Lopes me enviou notícia de poda radical nas ruas das Pernambucanas e das Graças, no bairro das Graças. Ele estava caminhando pelas vias, quando se defrontou com a presença da motosserra insana, e decidiu documentar o que assistiu.

“A Prefeitura está fazendo a ‘poda’ (aspas dela) das árvores, destruição total”, acusou. “O certo mesmo seria embutir a fiação, porque mesmo que haja o replantio, tão logo a árvore chegue perto da fiação, eles recomeçam a poda”, reclamou. A assistente social mora no bairro do Derby, em rua onde ainda há “um túnel verde” e teme que o mesmo aconteça na via, porque muitas árvores já sumiram de ruas vizinhas.

“Tenho medo que o corte de árvores me prive de paisagem como esta,no Derby”, diz leitora Sofia de Paula Lopes

“Tenho medo que eles façam isso aqui e me privem dessa paisagem”, diz Sofia, de cuja varanda, dá para observar a copa das árvores e, melhor, a presença de passarinhos que costumam se alimentar no seu apartamento. Ela conta que muitas árvores já sumiram do mapa em ruas como a Feliciano Gomes, que fica perto da Baixa Verde.

Diz que alguns locais do Derby, como o Quatro Cantos, já “se transformaram em uma fornalha por falta de árvores”. Sofia acompanha a nossa campanha Parem de derrubar árvores e, muitas vezes, já enviou imagens de árvores decepadas para o #OxeRecife. Ela teme pelo destino de nosso verde, cada dia mais escasso: “Ótimo dia para você, resistência, e não ao arboricídio”, afirma ela, pois acredita ser muita equivocada a política de arborização do Recife. “Estão acabando com tudo”.

Leia também:
Parem de derrubar árvores (138)
Recife: 4 mil árvores novas em 2018?

Recife ganha aplicativo Arborize. Viva
App ajuda a monitorar árvores no Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto de leitor: Sofia de Paula Lopes/ Cortesia

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *