Torre da Faculdade de Direito tomba e aulas são suspensas

Uma das mais tradicionais do Brasil, a Faculdade de Direito do Recife foi obrigada a suspender as aulas nessa quarta-feira. O motivo: preservar a segurança de funcionários, professores e alunos, já que a torre superior do relógio do prédio histórico e secular tombou. Ela está inclinada, segundo fui informada agora à noite por funcionário da Ufpe, que me enviou essa fotografia, mostrando o acidente.

Até sexta-feira não haverá aula nem expediente na FDR, segundo comunicado distribuído pelo Diretório Acadêmico da FDR. ” Hoje as aulas estarão suspensas para garantir a segurança de toda a classe estudantil enquanto os reparos não são feitos”, avisa o comunicado. “Continuaremos em contato com a infrastrutura para maiores informações”. Ainda não se sabe quando a torre será estabilizada. Hoje à noite, o #OxeRecife telefonou para servidores da Ufpe que  respondem pela infraestrutura, mas os celulares estavam na caixa postal.

Tombada, a Faculdade de Direito está com seu famoso relógio sem funcionar, e agora a torre inclinou: risco de cair.

O curso de Direito do Recife está entre os dois mais antigos do Brasil (o outro é em São Paulo). Foi criado por decreto imperial  em 1827, e instalado inicialmente no Mosteiro de São Bento, em Olinda. Já o prédio atual, que é tombado, teve a pedra fundamental lançada em 1889, mas sua construção só começou, de fato, em 1907. Os trabalhos foram concluídos em 1911, e em 1912, o curso de Direito começou a funcionar no prédio localizado na Praça Adolpho Cirne.

Com presença marcante na história de Pernambuco e do Brasil, a FDR conta com o Projeto Memória Acadêmica da FDR, destinado a resgatar a sua trajetória histórica. Em estilo eclético e imponente por fora, a FDR surpreende, também, por dentro devido à sua arquitetura, à presença do ferro em suas estruturas e varandas, e pelo seu piso ladrilhado, com elementos decorativos que remetem a símbolos do Direito na história universal. Além das salas de aula, possui cinco anfiteatros, salão nobre, salão de espelhos. O edifício foi construído por José de Almeida Pernambuco, mas o projeto arquitetônico é do francês Gustave Varin.

Leia também: 
Visita guiada à FDR é sábado (16)
Visita guiada na Faculdade de Direito
Visitas guiadas fazem sucesso na FDR
Encenação, violino e rosas na FDR

Sugestão para o Olha!Recife
Relíquia achada na Faculdade de Direito
Os 190 anos da Faculdade de Direito
Faculdade de Direito comemora história
As guardiãs de 190 anos de memória

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Cortesia do leitor e Letícia Lins

Compartilhe

Um comentário

  1. Minha cara Letícia: É lamentável o ocorrido, mas a sua recuperação deve ser providenciada com a urgência necessária ! Mais triste ainda, não contarmos com a providencial e pressurosa ajuda dos trêfegos garotos que, há dois anos atrás, invadiram e depredaram esse magnífico prédio em nome do combate à uma reforma de ensino anunciada.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.