Mais duas preguiças “trelando”

Mais duas “trelas” das preguiças. Dessa vez, apareceu uma na grade da cozinha de uma residência de Dois Irmãos, Zona Norte do Recife.  Uma outra (foto), foi encontrada no meio da rua na localidade de Chã de Cruz, em Aldeia. Ela estava machucada, pois quase sofreu atropelamento.

A impressão que dá é que, com a destruição das matas, os animais estejam avançando em áreas urbanas, em busca de alimentos. E preguiça gosta mesmo é de folhas (principalmente da imbaúba) e, a cada dia, a espécie vegetal está mais rara no Recife. A segunda preguiça foi encontrada pelo casal André e Laucilene Moura.

Eles estiveram com a filha, Raquel, na sede da Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh), onde fizeram a entrega do animal. Segundo o casal, o bichinho estava na grade da casa de uma vizinha, como se quisesse entrar. Coitadinha… Bem longe do seu habitat, portanto.

Temendo que algo acontecesse com o animal, o casal o reolheu e fez a entrega voluntária. Bom para Raquel, que recebeu folders educativos e livrinhos infantis que mostram a importância dos animais na natureza. As duas preguiças já estão no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara). Reabilitadas, serão reintroduzidas à natureza. As árvores prediletas das preguiças são nativas da nossa Mata Atlântica.

Leia também:
Preguiça resgatada em Sítio dos Pintos
Preguiça resgatada em telhado
Mais uma preguiça achada na BR
Preguiça cai da árvore e tem bebê
As “trelas” das preguiças

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cprh/ Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *