Cinema vai à escola e praça em Tabira

Sinceramente, dou o maior ponto a produtores e eventos que se destinam a democratizar a interiorizar a cultura.  Agora mesmo acontece em Tabira, Sertão de Pernambuco,  a 4ª Mostra de Cinema Poesia na Tela, com exibição de filmes em praça pública.  O festival teve início no dia 22, levando filmes a escolas rurais daquele município, localizado a 395 quilômetros do Recife. Hoje tem mostra Mostra Criancine, a partir das 18h. E, encerrando a noite, será exibido o único longa do evento, o filme Onildo Almeida: Groove Man.

O documentário de Hélder Lopes e Claudio Bezerra tem 70 minutos e mostra Onildo Almeida revisitando algumas de suas canções. Onildo (foto) tem 90 anos e, para os que não lembram,  é autor de pérolas musicais já integradas ao cancioneiro popular do Brasil, sendo A Feira de Caruaru, uma de suas mais famosas composições.   A noite também será marcada por uma homenagem póstuma à poetisa Carmen Pedrosa. Nascida na zona rural de Tabira, trabalhou como enfermeira no Recife, mas tinha uma paixão pela poesia. Escreveu o livro Vitória Régia. A trajetória da artista tabirense será contada por meio do filme de Zé Ivan Dias, O Globo Ativo.

            A Mostra Poesia na Tela começou com a exibição de filmes nas escolas da zona rural e a realização de oficinas em outras escolas públicas. No campo, o festival foi muito bem recebido, por crianças cuja maioria jamais foi ao cinema.  Além de assistir ao filme, que trazia referência ao universo escolar, os estudantes conversaram com as produtoras Amanda Ramos e Taís Ferreira,o que também é uma excelente ideia “É um bate-papo sobre a mensagem que o filme deixa e as técnicas do filme” explicou Devyd Santos, coordenador da Mostra.

            Hoje, a partir das 18h30, na Praça Gonçalo Gomes, tem a Mostra Criancine com a apresentação de dois filmes infantis: Pedro e o Velho Chico de Renata Gaia (uma animação de 19 minutos) e Uma Aventura na Caatinga de Laércio Filho (outra animação, com 11 minutos). Às 19h30 terá a abertura da Exposição de Arte Digital Pelos Sertões dos Poetas, de Marcos Pê. Segue a programação com a exibição dos trabalhos das Mostras Poesia na Tela e Pernambucana. O último filme a ser exibido hoje à noite é o longa sobre Onildo. A Mostra de Cinema Poesia na Tela segue até a próxima sexta (26). Bacana, também, é que os temas têm, tudo a ver com a cultura regional.

Leia também:
Muito bom “Uma casa à beira mar”
Cinema dominado e poucas opções
Festival Varilux para sertanejo ver
Esplendor e o cinema para cegos

Texto : Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.