Creche quase pronta no meio do lixo

Com previsão de conclusão em 2013, finalmente está quase pronto o Centro de Educação Municipal Infantil (Cemei) Sítio dos Pintos. Passei na Estrada Velha dos Macacos em uma das minhas caminhadas e fiquei muito contente com o estágio da obra, já em fase de acabamento. E a creche é grande: tem 2 mil metros quadrados, instalações arejadas e amplas e, com certeza, vai quebrar um galhão para mães da Zona Norte, que precisam trabalhar e não têm onde deixar os filhos. O problema, no entanto, é o lixo resultante dos serviços, que se acumula no local há meses (foto).

A Cemei Sítio dos Pintos deverá atender a crianças de bairros como Sítio dos Pintos, Dois Irmãos, Monteiro, Apipucos, Macaxeira e comunidades carentes próximas como Serra Pelada, Ayrton Sena e Detran. Em janeiro do ano passado, havia feito denúncia aqui, no #OxeRecife sobre a paralisação dos serviços de construção da creche, que estava sendo cercada pelo matagal. Felizmente ao passar lá, este ano, constatei que os serviços tinham sido retomados. Até encontrei um engenheiro da empresa responsável, que tinha vencido a licitação para concluir o edifício, cujo orçamento inicial era R$ 1.315.000.

Creche tinha previsão de ser concluída em 2013, mas só vai ser entregue em 2018: está quase pronta..

Os serviços de finalização da Cemei exigiram nova licitação, com gastos superiores a R$ 1.200.000. A creche resulta de parceria entre a Prefeitura do Recife e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Agora, que a creche está quase pronta, não custa nada perguntar: por que as metralhas e restos de construção não são logo removidos?

Eles estão se amontoando à beira da mata que fica em um lado da Estrada Velha dos Macacos, que é vizinha à área do Parque Estadual de Dois Irmãos. Com o acúmulo de metralhas no meio da rua e à margem da mata, a população acha que ali é depósito de lixo e a montanha de tudo que não presta só faz crescer.  Sendo responsável pela coleta de lixo e obrigada a multar quem joga metralha nas ruas, a Prefeitura bem que poderia dar o exemplo, deixando limpo o local da obra.

Leia também:
Sítio dos Pintos conta a própria história
Creche vira obra parada em matagal 
Creche agora sai em Sítio dos Pintos
Obras paradas nas Zonas Norte e Sul

Texto e foto: Letícia Lins/ #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *