Ana de Ferro chega a Jaboatão

Quem estiver para as bandas da Zona Sul, hoje, tem oportunidade de assistir o espetáculo Ana de Ferro, Rainha dos Tanoeiros do Recife, que já foi encenado várias vezes na Capital. A peça foi selecionada pela prefeitura do Jaboatão dos Guararapes para participar da 1ª Mostra Cultural do Jaboatão dos Guararapes, com apresentações de teatro, dança, cinema e poesia de cordel.

Já assisti e gostei, pois o grupo responsável pela encenação tem no currículo montagens voltadas para a nossa história, com utilização de recursos muito criativos, como aconteceu, também, na montagem de Senhora de Engenho – Entre a Cruz e a Torá. A peça, que conta a saga de Branca Dias, em plena Inquisição, fez sucesso no Recife e em festivais pelo Brasil e até no exterior. No caso de Ana de Ferro, a peça remete a nossa história, com destaque para o período de dominação holandesa.

“Pernambuco sempre foi um celeiro de grandes batalhas, e de romances proibidos. Essa é a história de amor entre Ana de Ferro e Mauricio de Nassau”, informa o Diretor Emanuel David D´Lucard, o mesmo que dirigiu Senhora de Engenho. A encenação é ambientada no século 17, mas mescla ficção e humor ao introduzir temas relevantes  nos nossos dias, como política, escravidão, feminismo, machismo . A trilha musical também remete aos dias de hoje.

O texto é inspirado na poesia de Vital Corrêa de Araújo e em pesquisas no Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco. A carioca Miriam Halfim criou um texto histórico com lampejos de ficção apresentado personagens possíveis de terem acontecidos. A relização é do Grupo Teatral Risadinha, formado pelos mesmos profissionais do Teatro Popular de Camaragibe.

Leia também:   
Conheça melhor a lendária Branca Dias
Saga de Branca Dias volta ao palco
Mistérios do além com Branca Dias
Nassau e Ana de Ferro estão em Olinda
A mulher empoderada do século 17

Serviço:
Peça: Ana de Ferro, Rainha dos Tanoeiros do Recife
Local: Teatro Samuel Campelo, Praça do Rosário, Jaboatão Centro, Jaboatão dos Guararapes-PE
Dia/Data: 18 de outubro de 2018, Quinta-Feira
Horário: 19:30h
Entrada/ Acesso: GRATUITO
Informações: 99536-4746
Duração: 80 minutos

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *