Festival de Dança tem 17 espetáculos

Com o feriadão, o Recife fica mais vazio e mais tranquilo, inclusive para estacionar. Que tal um espetáculo de dança, para a noite dessa sexta-feira, 12? Hoje tem início a vigésima terceira edição do Festival de Dança do Recife, com apresentação de Dança de Brinquedo, da Cia Mário Nascimento, de Belo Horizonte. Em 2018, a programação conta com 17 espetáculos (locais, nacionais e internacionais).

Nesta sexta-feira, o Festival faz sua estreia no Teatro de Santa Isabel, às 20h, com o Espetáculo Dança de Brinquedo, da Cia Mário Nascimento, de Belo Horizonte. Com duração de 50 minutos, o espetáculo explora o duplo sentido cultural do conceito de brinquedo, também utilizado pelos mestres da cultura popular para definir suas agremiações. No sábado (13), o Festival de Dança do Recife irá se espalhar pela cidade, oferecendo três espetáculos. Às 19h, tem mostra de coreografias no Teatro de Santa Isabel, com participação de mais de 10 atrações, entre grupos e bailarinos locais e internacionais.

Ainda no sábado, às 19h, a Cia Mário Nascimento se apresenta novamente, levando o espetáculo de dança contemporânea ZHU para o palco do Teatro Luiz Mendonça. Batizado com um vocábulo chinês que significa bambu, o espetáculo trata resistência e flexibilidade, qualidades e possibilidades de movimento experimentadas pela dança. O próprio Mário Nascimento assina direção, coreografia e figurino, assistido por Rosa Antuña. Às 21h15, o Coletivo CASA 4 apresenta o espetáculo Salão, no Teatro Barreto Júnior. Primeira criação do grupo baiano, o espetáculo propõe uma reflexão sobre os estereótipos de gênero que tradicionalmente envolvem as danças de salão e excluem outras possibilidades de dançar a dois. A direção é de Leandro de Oliveira, com assistência de Bárbara Barbará.

No domingo (14), às 19h, o Teatro de Santa Isabel recebe mais uma mostra de coreografias. Às 18h, a Debris Company, da Eslováquia, apresenta o espetáculo WOW, no Teatro Luiz Mendonça. Às 21h, a bailarina pernambucana Patrícia Pina Cruz apresenta o solo Z.I.G.O.T.O, que trata da opressão de gênero. O roteiro é da própria Patrícia. A direção, de Black Escobar. A iluminação é assinada por Cleison Ramos e produção, de Bárbara Aguiar. O Festival se encerra no dia 21 de outubro. Os preços são baratinhos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Os imgressos serão vendidos na bilheteria de cada teatro. A programação do 23º Festival de Dança do Recife continua até o próximo dia 21.  Confirma os espetáculos do final de semana.

23º FESTIVAL DE DANÇA DO RECIFE
De 12 a 21 de outubro

ESPETÁCULOS
DIA 12/10 (SEXTA-FEIRA)
Teatro de Santa Isabel – Solenidade de Abertura, com o Espetáculo Dança de Brinquedo, da Cia Mário Nascimento (BH), às 20h

DIA 13/10 (SÁBADO)
Teatro de Santa Isabel – Mostra de Coreografias: Markus Jastraunig  e Carla Weissmann (Viena-Áustria); Ballet Simone Monteiro (PE); Wagner Brasil e Bianca Tude (PE); Isabela Rodrigues e Jackson Liee (SP); Academia Fátima Freitas (PE); Ária Social (PE); Bacnaré (PE); Escola de Frevo (PE); CaroLemos Dançarte (PE); Simone Mahayla (PE); e Cia Veridiana Melo de Danças Árabes (PE), às 19h
Teatro Barreto Júnior – Espetáculo Salão, do Grupo CASA 4 (BA), às 21h15
Teatro Luiz Mendonça – Espetáculo ZHU, de Mario Nascimento (BH), às 19hs 

DIA 14/10 (DOMINGO)
Teatro de Santa Isabel – Mostra de Coreografias: Giselly Andrade e Rogério Alves (PE); Ária Social (PE); Isabella Rodrigues e Jackson Liee (SP); CaroLemos Dançarte (PE); Escola de Frevo (PE); Academia Fátima Freitas (PE); Balé Popular do Recife (PE); Gesttus Grupo de Dança (PE); e Simone Monteiro (PE), às 19h
Teatro Hermilo Borba Filho – Espetáculo Z.I.G.O.T.O – Solo Autoral de Patrícia Pina Cruz (PE), às 21h
Teatro Luiz Mendonça – Espetáculo WOW, da Debris Company (Eslováquia), às 18h.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.