Tal pai, tal filho

Gente, olhem só para essa foto. Alguém conhece? Os mais velhos, com certeza, dirão: Altemar Dutra. Afinal, o cantor romântico grande sucesso com músicas românticas não só no Brasil, como em toda a América Latina, no século passado.

“Sentimental eu sou, eu sou demais”, lembram? É uma das mais famosas músicas do artista, que morreu em 1983, aos 43 anos. Quem o identificou na foto com sendo Altemar, no entanto, não errou. Acertou pelo meio. É que este é Altemar Dutra Júnior, cantor como o pai, de quem herdou o vozeirão.

Ele faz show no Recife, no próximo dia 19 de outubro. Será na Associação de Servidores da Sudene, na Zona Oeste do Recife. Também seresteiro, ele interpretará grandes sucessos do pai: Brigas, Sentimental demais, Tudo de mim, Contigo Aprendi, Serra da Boa Esperança, Velhas Fotos.

Versátil, interpretará, também, sambas, boleros e xotes. Altemar Dutra Júnior é considerado o “intérprete do romance em forma de canção”, informa sua assessoria.”Um jovem trovador”, acrescenta. Além de rodar o Brasil, ele já se apresentou no Uruguai, Angola, França, Israel.

Leia também:
“Eu tenho dois amores” nas Pás
Entre o brega e o baião
“Sonhar contigo por toda a vida”
“Vou escalar todo seu corpo”
Dupla divina: Marisa Monte com Paulinho
Lady na mesa,  uma louca na cama

Serviço
Altemar Dutra Júnior
Quando:
Sexta-feira, 19 de outubro
Onde: Associação dos Servidores da Sudene – Rua Lindolfo Color, s/n – Engenho do Meio, Recife – PE.
Horário: A partir das 18h
Contato: (81) 3271-4248
Ingressos: venda na sede da Associação
Valores: R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia (até o dia 10/10)   e  R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia (Após o dia 11/10).

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *