Animais repatriados para Pernambuco

Vejam que atitude bacana. O Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco  (Cetas Tangara) acaba de receber 181 animais que foram enviados pelo Centro de Recuperação de Animais Silvestres de São Paulo, onde os bichinhos estavam sendo tratados. Eles foram “repatriados” para Pernambuco, porque integram a fauna do nosso estado, e foram parar em São Paulo pelas mãos de traficantes. No retorno, os bichinhos viajaram 2.700 quilômetros.

Mas chegaram ao Recife sãos e salvos, pois o caminhão em que vieram era climatizado, e os animais foram alimentados diversas vezes no percurso. Entre os repatriados, encontram-se 125 aves, entre galos de campina, papa-capins, concrizes, cravinas, patativas, entre outras espécies. No Brasil, as aves permanecem como as maiores vítimas do tráfico de animais silvestres.

Animais – aves e jabutis – foram repatriados de São Paulo para Pernambuco: tratamento vip em viagem climatizada.

Além das aves, foram repatriados 56 jabutis, animais muito comercializados pelos traficantes. Há uma crença popular, segundo a qual um jabuti no quintal evita que os donos da casa se contaminem com erisipela, doença infeciosa que provoca feridas nas pernas. A crença, no entanto, não possui nenhuma comprovação científica.

Tanto os pássaros quanto os jabutis repatriados de São Paulo para Pernambuuco serão reabilitados no Cetas, para posterior reintrodução à natureza. Eles serão liberados em área de soltura, monitorada pela Cprh. Louvável, esse intercâmbio, aliás, esse “repatriamento”. Pernambuco também já repatriou para a Região Norte animais típicos da Amazônia, que vieram parar no Recife pela ação do tráfico.

Leia também:
Bons exemplos de amor aos animais
FPI resgata animais em risco no Sertão
Animais apreendidos na Operação Castelo de Areia
Animais voltam à natureza em Pernambuco
Vítimas de  tráfico são repatriadas

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cprh/Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *