Rua da Conceição e relíquias religiosas

Adoro andar. Diz Agenor Tenório, do Grupo MeninXs na Rua, que é andando que se conhece melhor uma cidade. E eu concordo plenamente. Por exemplo, já passei tantas vezes na Boa Vista e nunca tinha notado a Igreja de Santa Cecília (foto acima), que fica na Rua da Conceição, naquele bairro, no Centro do Recife. Foi preciso uma caminhada com o Projeto Olha! Recife, para, enfim, descobrir esta relíquia de mais de 330 anos. Também foi andando, com o Grupo Caminhadas Domingueiras, que me dei conta do Santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima, no Recife, que dizem ter sido o primeiro erguido no mundo em homenagem à santa que aparecia para os três pastores.

Com relação à Capela de Santa Cecília, não localizei nenhum documento com a data precisa de sua construção, mas o início das obras deve ter sido por volta de 1683, quando o Capitão-Mor Cristóvão Barros do Rego comprou ali um sítio com fruteiras, gado, escravos e 400 coqueiros. No documento de compra não há referência a nenhuma capela, o que indica que ele pode ter sido o responsável pela sua edificação. Seria como pagamento de promessa. Por conta dos coqueiros, a capela ali construída passou a chamar-se Nossa Senhora da Conceição dos Coqueiros.

Relíquia da arquitetura religiosa, Igreja Rosário da Boa Vista tem missas em latim: mais antiga do que a Paróquia.

Segundo a Arquidiocese de Olinda e Recife, a Igreja não pode ser visitada atualmente por questões de segurança, já necessita de manutenção. Também está sob intervenção, devido ao problema judicial envolvendo a venda de jazigos. Outro curiosidade relativa à Igreja é que ela foi posteriormente doada à Ordem de Santa Cecília, quando mudou de nome. A santa é padroeira dos músicos. Contam inclusive que nos séculos passados, esses profissionais tinham que pertencer à Ordem de Santa Cecília, para que pudessem se apresentar com seus instrumentos em eventos públicos.

Ou seja, a a Ordem de Santa Cecília funcionava como uma espécie do que é hoje a Ordem dos Músicos. A Santa Cecília fica no número 39, da Rua da Conceição, espremida entre lojas e prédios residenciais. Na mesma via, no número 177, pode ser observada a Rosário da Boa Vista, datada do século 18, e construída pela Irmandade Nossa Senhora Rosário dos Pretos. Hoje é a única do Recife onde as missas ainda são rezadas em latim. Tanto a Santa Cecília quanto a Rosário da Boa Vista são anteriores à Paróquia do Santo Sacramento da Boa Vista à qual as duas igrejinhas são subordinadas.  A sede da paróquia, mais conhecida como Igreja da Boa Vista, teve construção iniciada em 1774. A obra só seria concluída em 1889.

Leia também:
Com Hans, entre o barroco e o rococó
Relíquia religiosa no Olha! Recife
Minha tarde no Olha! Recife
Santuário pioneiro é no Recife
A saga dos santos resgatados

Texto e fotos: Letícia Lins/ #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *