Pedestres: Acessibilidade Zero!

Em tramitação na Câmara Municipal, o Estatuto do Pedestre prevê multa diária de R$ 1 mil para empresas ou concessionárias que atrapalhem a circulação de pedestres. Resta saber como fica a situação da Prefeitura, em áreas onde é legalmente responsável pelas calçadas. Quando houver problemas como esses, quem será multado, o contratado ou o contratante?

E quando o contratante é o Governo do Estado? Recentemente, um cadeirante teve que ser carregado porque não conseguiu chegar ao Mercado da Madalena, cujas calçadas estão em obras. Ali, uma empreiteira faz serviço, contratada pela Secretaria de Turismo de Pernambuco (embora o equipamento seja municipal). Os comerciantes pararam os trabalhos, para carregar e deixar o homem no interior do Mercado. Acessibilidade zero! E quando o poste fica em local que impede a passagem do pedestre, quem vai responder? A Celpe (que colocou?) ou a Prefeitura (que deixou?).

Na esquina da Alfredo de Castro com a Av João de Barros, pedestre anda no asfalto: risco de acidente à vista.

Também na Avenida João de Barros e ruas próximas, onde vem sendo feito um louvável serviço de requalificação de calçadas (passei lá a pé e vi as mudanças), há problemas em trechos em obras para os pedestres, como vocês podem observar na foto, na esquina da Rua Alfredo de Castro com a Av. João de Barros. Vejam só por onde o pedestre está andando: no meio do asfalto, porque não lhe deixaram outra opção nos serviços de manutenção.

No decorrer desta semana, passei por uma das calçadas da Avenida 17 de Agosto, onde a Compesa está fazendo obras no asfalto, ali perto da Arcádia Apipucos. Mas tive, também, que andar pelo meio da rua, pois a calçada estava ocupada por equipamentos e, em alguns trechos, o lixo era tanto perto da calçada da casa de recepções, que não havia como se passar. E o que dizer de postes colocados, na mesma via, em áreas mais estreitas de nossas calçadas, que não permitem passagem nem de pedestre magro, muito menos de gordo? E que inviabilizam e locomoção de cadeirantes? Se é para melhorar a vida do pedestre, todo mundo tem que fazer o dever de casa.

Leia também:
Calçadas crateras na Av. Norte
O canteiro da discórdia na Av. Norte
Requalificação na Av Recife inclui retirada de gelos baianos das calçadas?
Acidente em calçada requer até Samu

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Cícero Fernandes/ Cortesia do leitor (Av.João de Barros) e Letícia Lins (Av 17 de Agosto)

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *