Praça excluída em reforma na Madalena

Muito degradada, a Praça Solange Pinto Melo não será contemplada com a reforma do Mercado Público da Madalena, embora as calçadas no seu entorno venham passando por obras de requalificação. De acordo com a Secretaria de Turismo de Pernambuco, serão reformados banheiros, coberta, a feira de  passarinhos e o piso.

Na parte externa, “a obra só compreende a calçada do Mercado”, informa o órgão, que está à frente dos serviços ali executados, e cuja conclusão está prevista para outubro de 2018. Nesta semana, o #OxeRecife tinha divulgado reclamações dos frequentadores do mercado, uma vez que as obras deixaram cadeirantes sem condição de acessibilidade. Houve um que precisou ter a  cadeira de rodas carregada, para conseguir chegar ao box de frutas e verduras no interior do Mercado.

“A obra começou pela calçada. Já foi iniciado o assentamento do piso intertravado e em intervenções dessa natureza é natural que haja algum tipo de dificuldade para quem circula pelo local”, informa nota enviada pela Secretaria ao Blog. “Mas  é bom lembrar que os benefícios são maiores que os possíveis transtornos”, acrescenta a nota. Será que não tem nenhum jeito de evitar esse tipo de constrangimento? Uma rampinha de madeira (mesmo que provisória) entre o meio fio e o asfalto já resolvia essa situação.

Ao questionamento do #OxeRecife sobre o motivo de o Estado estar à frente da obra (e não a Prefeitura), a Secretaria estadual esclareceu que “a requalificação do Mercado da Madalena recebeu investimento da União por meio de emenda parlamentar do deputado Augusto Coutinho, e a verba  foi destinada exclusivamente para esta obra de requalificação”. Normalmente, a manutenção de calçadas e mercados públicos do Recife cabe à Prefeitura. A reforma não é barata. Custará R$ 1.045.240 aos ofres públicos. Já que a Prefeitura não está gastando nada  com a requalificação do Mercado da Madalena, bem que podia aplicar uns trocadinhos na praça onde ele está situada, que virou uma bagunça só. E à luz do dia.

Leia também:
O Recife leva banho de Salvador no quesito limpeza
A “reforma” do Mercado da Madalena
Bagunça no Mercado da Madalena
Um primor de mercado público
Desolação na Praça Oswaldo Cruz

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *