Uol sem e-mail há 24 horas. Pode?

Eles também sofrem. Gente como eu, que precisa de assistência técnica ou orientação quando o computador não responde como o “combinado” com a máquina, costuma pensar que essa turma que trabalha em grandes provedores sabe de tudo. É engano. Em minha vida na rede, já enfrentei alguns problemas tão complicados que um dos meus “assistentes” me informou que uma dessas broncas era caso para tese de doutorado. E o cara é especialista em redes. Foi uma confusão em uma rede social, e o #OxeRecife teve que ser todo refeito, passando quase dois dias fora do ar. O diagnóstico do problema até hoje é um mistério. Foram dois dias quebrando a cabeça, com meu amigo e desenvolvedor Guilherme Castro, responsável pela programação do Blog.

Mas… vejam, desde ontem estou seu receber um só e-mail, na minha caixa de correio via servidor Uol, do qual sou usuária há um bom tempo.  Não entra nada. Consigo acessar os rascunhos, os enviados, a lixeira. Mas a caixa de entrada que é bom… nada. E isso desde ontem. A previsão era que o problema fosse resolvido no final da tarde da terça-feira. Para não me estressar, desliguei. A princípio, pensei tratar-se de um vírus mal encarado, ação de um pirata, qualquer coisa assim. Não era. Problema na Uol. Quando liguei para a assistência técnica, a voz eletrônica foi logo avisando que foi constatado um problema, e que a equipe estava trabalhando para resolver.

Hoje, ao voltar da caminhada e de outras coisitas que costumo resolver logo cedo, cadê? Meio dia, e o conserto permanece sem previsão. O atendente, dessa vez ao vivo por exigência dessa usuária do serviço, informou que “a equipe técnica” está tentando resolver.Desde ontem? “É uma bronca pesada, mas a gente vai dar prioridade à senhora”. Prioridade para mim? Claro que não. Isso deve estar sendo dito a todos os usuários do Uol. Lembro que uma vez houve um problema aqui na minha casa na conexão da Oi, que um dos técnicos me confessou ter passado a noite “com insônia” pensando no problema que não sabia como resolver. Mas, felizmente, conseguiram resolver.

Agora é a Uol, uma gigante desta com um problema técnico que, pela sua estrutura, já deveria ter sido resolvido há muito tempo. Pelo andar da carruagem, acho que o problema é maior do que uma jamanta, com um carregamento de brita. Sabem da maior, estresse zero. Vou é ver um filme. E no Cinema do Museu, em Casa Forte,  que é perto de casa.  Espero que a situação tenha se normalizado e que quando eu tiver voltado, não veja mais a famigerada frase na tela do computador: “Falha ao carregar sua lista de e-mails. Tente novamente mais tarde”. Já tentei. Desde ontem. Ufa… Eureka! Cheguei agora do Cinema do Museu, e o serviço do Uol tinha sido normalizado.  São 16h27m.

Leia também:
Ciência, robótica, professores e alunos a serviço da natureza no Colégio Apoio
Aprenda a montar seu projeto digital
Alunos “derrubam” 70.000 concorrentes
“Atendimento robótico não satisfaz”
Alunos de escola estadual de Bezerros desenvolvem aplicativo para a Fenearte

Texto e foto: Letícia Lins/ #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *