Cinderela invade arraial no Recife

Quem diria que, um dia, a história de Cinderela ganharia um arraial junino? Pois o conto de fadas foi o enredo utilizado pela Quadrilha Junina Menezes na Roça,para vencer a 16ª edição do Concurso de Quadrilhas Juninas Infantis, com o tema Acredite. Tudo tem seu tempo. O grupo do bairro da Macaxeira receberá R$ 5 mil reais, além do prêmio de R$ 3 mil pela classificação para a etapa final do concurso. O resultado foi anunciado no começo da madrugada de hoje (29), após a apresentação de cinco finalistas, no Sítio Trindade, em Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

Com 32 integrantes, a quadrilha teve 120 pontos. Em segundo lugar, com 119,4 pontos, classificou-se a Junina Sapeca, composta por mais de 50 crianças do Morro da Conceição e de bairros vizinhos, que apresentaram o tema “Nem tudo é o que parece ser”, fazendo um alerta sobre os perigos do uso das redes sociais por crianças sem o devido acompanhamento dos pais. A quadrilha será premiada com R$ 4 mil reais, além dos R$ 3 mil que receberá pela classificação para a etapa final do concurso.

A terceira colocada do concurso foi a Brincant’s Show Mirim, que somou 119,3 pontos, contando a história de um bonequeiro, cujas criações ganham vida à meia noite do dia de São João para convencer os netos dele do valor das brincadeiras à moda antiga. A quadrilha foi fundada em 2001, no Ibura, e tem 36 integrantes. As juninas Fusão e Raízes do Rosário ficaram em quarto e quinto lugar, respectivamente, com 119,1 e 117,5 pontos. O concurso é patrocinado pela Prefeitura. Hoje à noite, é a vez das quadrilhas adultas ocuparem o palhoção do Sítio Trindade. Somando hoje e amanhã, doze grupos se apresentam na fase final do concurso de quadrilhas adultas. Ao todo, 42 participaram do certame.

Quem não quiser assistir ao espetáculo na arquibancada, pode arrastar o pé no palco principal ou na sala de reboco, armados no arraial mais tradicional do Recife. Pelo primeiro passam, Fulô de Mandacaru, Em Canto e Poesia, Novinho da Paraíba e Salatiel Camarão. Os shows começam às 19h. No Palco Sala de Reboco, a festa começa ainda mais cedo, às 18h.  Vai ter Trio Oxente, Claudinho Torres, Trio Pé de Serra Super Pop, Ceça Moreno, Andrezza Formiga e Galeguinho de Gravatá. Há cinco atrações programadas, também, para o Pátio de São Pedro. E nada menos de onze para o Polo de Brasília Teimosa, incluindo Quinteto Violado (com Bia Villa-Chan), Geraldinho Lins e Maestro Forró & Fole Assoprado.

Leia também:
Fundão ganha concurso junino
Festa para São João e Xangô
Prêmios de R$ 106 mil para quadrilhas
Quadrilhas: do arraial ao palco
A festa e o brilho das quadrilhas Cadê as quadrilhas tradicionais

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Andréa Rego Barros/ Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.