“Abaixo o machismo” em boa hora

 

Depois do comportamento machista de um pernambucano na Rússia, que envergonha a todos nós  e cujo nome me recuso a citar – mas que está aí nas redes sociais para quem quiser ver – nada mais oportuno do que mais uma campanha contra o assédio sexual às mulheres. Dessa vez, nos eventos de São João, a segunda maior festa popular do Recife. A campanha começa às 19h dessa terça-feira (19)  em Casa Amarela, Zona Norte.  A iniciativa é da Secretaria da Mulher do Recife, que lança o Donzelômetro, um jogo  que mede o “grau de donzelice” dos homens com as mulheres. Trata-se de um painel eletrônico que começa a funcionar amanhã no Sítio Trindade, no estande da Secretaria da Mulher do Recife. O Sítio é o arraial mais tradicional do Recife.

A brincadeira virtual foi desenvolvida pela Players Comunicação, e aborda uma série de questões que desconstroem conceitos e comportamentos machistas ainda observados na nossa sociedade, como aquele horroroso,  praticado por rapazes pernambucanos totalmente sem noção na Rússia. E que transformou em pateta e vítima, uma desavisada cidadã daquele país, que não entendia a nossa língua.  Eu sendo do governo russo, sinceramente, despachava aqueles bando de gente mal educada de volta ao Brasil. Sem direito a ingressar lá por um longo tempo. Voltemos ao jogo eletrônico, ao lado do qual a Secretaria também montará o “correio elegante”. Durante os dias de evento, a equipe técnica distribuirá cartões inspirados na tradição junina e na cultura popular com mensagens divertidas de combate ao assédio. Neles, constam os telefones da rede de proteção à mulher em situação de violência.

Quem quiser mandar algum recado para o “donzelo” pode encontrar o material na barraquinha da Secretaria, na entrada do Sítio. “Aproveitamos as grandes festas populares para investir nas campanhas preventivas de combate à violência de gênero. É com bom humor e engajando a população que vamos falando de como é necessário mudar diversos comportamentos machistas para garantirmos uma sociedade mais justa para homens e mulheres”, comenta a secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa, poetisa, feminista e uma mulher marcada pelo bom gosto. Quem precisar de orientação ou ajuda em casos de violência de gênero, a equipe do Centro de Referência Clarice Lispector estará no estande da Secretaria da Mulher, no Sítio, a partir das 20h de amanhã e durante os dias de festa. Psicólogas, assistentes sociais e advogadas estarão disponíveis para oferecer atendimento e orientação nos casos de supressão de direitos.

Leia também:
#CarnavalSemAssédioEmPernambuco
Uma flor para Mirella

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Foto: Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *