Mata Atlântica ganha novo aliado

Com presença em quase 60 municípios em Pernambuco e resquícios espalhados por pelo menos dez estados brasileiros, a Mata Atlântica acaba de ganhar mais um aliado. É o quarto volume da série Cadernos de Atividades, Meio Ambiente em Brincadeiras, que é dedicado ao bioma que é considerado um dos mais ricos em biodiversidade  do mundo.

O livro tem o objetivo de conscientizar as novas gerações a respeito da importância da preservação do bioma brasileiro, no qual a devastação chega a 93 por cento do seu território original. Tal situação transforma a Mata Atlântica em um dos biomas mais ameaçados do mundo, se não for o em pior condição.  A publicação já está disponível para distribuição gratuita a escolas e outras instituições interessadas em educação ambiental.

Caderno sobre a Mata Atlântica serve para conscientizar crianças quanto à importância de preservar a Mata Atlântica.

O lançamento integra a programação dedicada ao Mês do Meio Ambiente. O caderno foi produzido pelo Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental (NCSEA) da Cprh. E traz informações sobre as características do bioma, da fauna e flora presentes, dicas para a preservação, jogos de caça palavras e cruzadas. A publicação será utilizada em ações de Educação Ambiental com estudantes e comunidades do Estado, especialmente da Zona da Mata.

O caderno foi apresentado no domingo (10), em atividade realizada no Jardim Botânico do Recife, à qual estiveram presentes professores da Prefeitura Municipal de Belém de Maria. Na ocasião,  também foi lançada a política municipal de meio ambiente daquele município da Zona da Mata, e que fica a 160 quilômetros do Recife. A Cprh já havia lançado três cadernos anteriores: Resíduos Sólidos, Manguezal e Caatinga, bioma característico do Semiárido do Nordeste e que é único no mundo.

Leia também:
Mata Atlântica ganha agentes populares
Conhecendo a Mata Atlântica
Recife sem plano para a Mata Atlântica
Reforço para proteção de matas
Primeiro corredor ecológico vem aí

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação/ Cprh

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *