“Vacatussa” na Academia

No próximo sábado, a Academia Pernambucana de Letras abre, outra vez, as portas para o público para mais uma edição do Projeto Roda de Conversas. O tema do encontro é  O papel das revistas independentes na criação, tendo como convidados João Lin e Thiago Corrêa Ramos. Thiago (foto acima) é jornalista e editor da revista literária Vacatussa. Já  Lin (foto abaixo) é artista visual e editor da revista em quadrinhos Ragu.

Os encontros das tardes de sábado, na APL, têm atraído público heterogêneo, principalmente quando o assunto é revista de quadrinhos, vida geek e publicações alternativas que despertam interesse de garotos e garotas. Este aliás, era o objetivo da Presidente da APL, Margarida Cantarelli, quando propôs ao acadêmico, jornalista e escritor Cícero Belmar, que criasse um projeto que  provocasse o interesse de pessoas jovens – principalmente estudantes – em se aproximar da APL  e que os motivasse a tomar gosto pela leitura.  Deu certo. Um exemplo é Aleff José da Silva, 24, que tornou-se frequentador assíduo desses encontros. “Gosto muito de livros e aqui na APL, tenho com quem conversar sobre eles”, disse ao #OxeRecife.

João Lin, editor da Revista Ragu, participará de roda de conversa com Thiago Corrêa Ramos, da Vacatussa, na APL.

Como se vê, a estratégia de atrair jovens à APL tem rendido frutos.  Aleff gosta de ler e de escrever. Até concluiu a elaboração de um livro. Mas afirma que no bairro onde mora, Cidade Tabajara, tem dificuldade de encontrar  pessoas que gostem de conversar sobre literatura. A última edição do evento, sobre cultura geek, por exemplo, foi um sucesso. Normalmente, nos fins desses encontros, é ofertada uma cesta de livros, que podem ser escolhidos pelo público. Eu até estou mal acostumada. Já peguei dois, ambos de Mário Sette. Ótimos, por sinal, e que me remeteram ao Recife urbano e ao Pernambuco rural do início do século. Uma verdadeira delícia, aliás uma deliciosa nostalgia de um Recife que não vi.

As publicações da APL geralmente contam com parcerias de instituições como a Chesf, Eletrobrás e o C.E.S.A.R. E nos trazem livros que dificilmente são publicados por editoras convencionais. No sábado,  por iniciativa de Thiago, vai ser lançada e distribuída gratuitamente a mais recente edição da Vacatussa. Na última rodada de conversa, foi lançada a revista em HQ Sombras do Recife, com a assinatura de Roberta Cirne. Ela disse ter sido a primeira vez que participou de tarde de autógrafos de revista em HQ em uma academia de letras. O tema Recife Assombrado – comandado por Roberto Beltrão e André Balaio – também despertou um grande número de curiosos. E atraiu até o historiador, urbanista, arquiteto e acadêmico José Luiz Mota Menezes, que mostrou a influência das assombrações nas artes plásticas.

Leia também:
HQ na Academia Pernambucana de Letras
Poesia oral tem nova cara

Carlos Pena dos “desejos presos”na APL
Cícero Belmar agora é imortal
Livros e academia mobilizam escolas
Cultura geek chega na Academia

Serviço:
Projeto Roda de Conversas
Com quem: João Lin e Thiago Corrêa
Quando: dia 2 de junho, sábado
Horário: 15h
Entrada gratuita
Onde: Academia Pernambucana de Letras, Avenida Rui Barbosa, 1596, Graças

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.