Pedras portuguesas ganham reparos

Até que, enfim, uma calçada de pedras portuguesas ganha reparos no Recife. Porque as que a gente vê, tanto no Centro quanto em locais como Boa Viagem, na Zona Sul, dão pena. E até representam risco para o pedestre. A maior parte tem buracos, pedras soltas e há algumas que as falhas ganharam reparos com cimento.

Um verdadeiro atentado à estética. Agora a Prefeitura anuncia que a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) começou trabalho de recuperação de passeios públicos em pedras portuguesas. Mas por enquanto só na Rua Floriano Peixoto, no bairro de Santo Antônio, área central da cidade.

“A intervenção vai beneficiar um trecho de aproximadamente 200 metros de calçadas entre a Casa da Cultura, onde também será construída uma nova rampa de acesso, e a Estação Ferroviária, além da Praça Mauá”, informa a Emlurb. O trabalho conta com um investimento de R$ 21 mil e deve ser concluído em 20 dias.

Já era tempo. Nossas calçadas de pedras portuguesas estão muito à brasileira. Uma bagunça só. É só circular pela cidade, para se observar. Uma amiga minha passou um sufoco por conta de pedras portuguesas soltas. A tira da sandália engachou em uma, a rótula torceu e ela passou um mês proibida pelos médicos de botar o pé no chão.

Leia também:
Cadê as pedras portuguesas?
Pedras portuguesas sem certeza
Pedras nada portuguesas no Recife
Quem passa nessa calçada?

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife 

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *