Fábulas para crianças surdas

Nada como os livros e como a acessibilidade. E que tal estimular o hábito da leitura garantindo, o acesso à literatura para todo o público infantil de modo integrado? Essa, pelo menos, é proposta  com que o Sesc Santa Rita, no Centro do Recife, realiza o projeto Mãos à Obra. A iniciativa apresenta sessões de contação de histórias, com acessibilidade comunicacional para crianças surdas. O encontro acontece nessa quinta (24/05), às 15h, no Laboratório de Autoria Literária Ascenso Ferreira. A entrada é gratuita.

A ação será conduzida pelos contadores Jailton Júnior e Lidiane Melo, entrecruzando o português com a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Durante o evento, serão narradas as fábulas A Cigarra e a Formiga e A Lebre e a Tartaruga, dois clássicos da literatura infantojuvenil. “Vale ressaltar que qualquer criança de 6 a 8 anos, com ou sem deficiência, pode participar, pois o objetivo do projeto é tornar acessível o imaginário infantil presente nas fábulas tradicionais”, afirma o contador de histórias Jailton Júnior, do Sesc Santa Rita.

Leia também:
Sesc já arrecadou 50.000 livros
Ilustrações de livros infantis no Sesc
Sesc prorroga expô do Mão Molenga
O dia que a morte sambou

Serviço
Mãos à Obra
Local: Sesc Santa Rita, Rua Cais de Santa Rita, 156, São José
Data: 24 de maio
Horário: 15h
Entrada gratuita
Informações: (81) 3267-4400

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Jonas Araújo/ Divulgação/ Sesc

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *