Mamam movimentado até domingo

Tido como um dos mais importantes museus de Arte Contemporânea do Noreste, o Mamam também entrou no clima da Semana Nacional de  Museus. Como se não bastassem as duas exposições em cartaz – ExistenCidades (do fotógrafo Beto Figueiroa) e A Arte é um manifesto (sobre os 30 anos da Banda Devotos, do Alto José do Pinho – o Mamam – apresenta uma terceira mostra, dessa vez tendo como tema Tempos de Conectividade.

A exposição, em cartaz até o dia 20, conta com performances dos artistas Sandra Cinto e Daniel Santiago. E fica aberta ao público até sábado, entre 12h e 18h. No domingo, o horário muda, de 13 às 17h. No dia 18, das 14h às 17h, tem oficina. batizada de Troco Arte. A experiência irá trabalhar o contraste entre as novas formas de comunicação e as antigas, através da arte postal. Foram abertas 10 vagas. Inscrições pelo e-mail: educmamam@gmail.com.

No a 19, sábado, das 14h às 20h, o evento Entre lanças e contas promoverá oficinas, rodas de diálogo e feira, com a participação de artistas, artesãos e músicos, para tratar de arte e cultura dos povos negro e indígena e da produção simbólica que demarca a etnia, a identidade e o território. A entrada é gratuita. O MAMAM fica na Rua da Aurora, 265, na Boa Vista. Abre de segunda a sexta, das 10h às 18h, e sábados e domingos, das 13 às 17h. O acesso é gratuito.

Leia também:
Semana de Museus começa no Pátio
Olha! Recife tem rio, museus e teatro
Bonde virou peça de museu
Postal virou peça de museu
A saga dos santos resgatados

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *