O Forte, o tempo e a “ARTElharia”

Único pertencente ao município que funciona em um forte, o Museu da Cidade do Recife oferece mais um motivo para ser visitado até o próximo domingo, quando se encerra a Semana Nacional de Museus, que tem por objetivo aproximar essas instituições do grande público. É que além do já habitual “passeio” pela história da nossa cidade, ele oferece outras atividades a partir dessa terça-feira.

Entre as atividades programadas de 15 a 20 de maio, encontra-se O Forte e o Tempo, uma brincadeira para toda a família, através da qual o público é estimulado a interagir com a fortaleza, de maneira leve, lúdica e criativa. O jogo leva crianças e adultos à criação de um forte subjetivo. Cada um imagina o seu. Já no 19 (sábado), às 10h, uma oficina de colagem convidará os participantes a criar monstros marinhos.

Longe dos tubarões que espalham temor entre banhistas das praias do Recife, a oficina é inspirada em outros tipos de “monstros”, aqueles que habitavam o imaginário coletivo na época das grandes navegações e estampam paredes, mapas e azulejos holandeses expostos na Mostra Cinco Pontas, naquele museu. Às 15h, o artista Victor Vasconcelos vai ensinar a confeccionar peças de artilharia militar lúdicas, feitas de bola de encher na oficina ARTElharia. Serão oferecidas 20 vagas para crianças a partir de 10 anos. A inscrição deve ser feita pelo e-mail: educativomcr@gmail.com.

O Museu da Cidade do Recife funciona no Forte das Cinco Pontas, na Praça das Cinco Pontas, no bairro de São José. Abre de 9h a 17h, de terça a domingo. O acesso é gratuito. O equipamento faz parte do Conjunto de Fortificações do Brasil, integrante da Lista Indicativa brasileira do Patrimônio Mundial da Unesco, e vem a ser a última fortaleza construída pelos holandeses no Recife, no século 17.  Quem não o conhece o Forte São Tiago das Cinco Pontas, com o Museu da Cidade do Recife, deve aproveitar o evento para visitá-lo. Vale a pena. Depois, ainda é bom arranjar um tempinho para um passeio pelo tradicional e histórico Bairro de São José.

Leia também: 
Semana de Museus começa pelo Pátio
Semana de Festa em Museus
Forte de Pau Amarelo será ocupado
Fortes podem ganhar título da Unesco
O retrato de quase quatro séculos de história
Revolução de 1817 no Olha! Recife 

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Andréa Rego Barros/ Divulgação/ PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *