A “arquitetura da felicidade” no Recife

Quem for ao Paço Alfândega, no bairro do Recife, tem oportunidade de conferir a Mostra DeAaZ Decor,  que movimenta aquele centro de compras até o próximo dia 27, reunindo 50 profissionais das áreas de artes,  design e arquitetura de interiores. São três dezenas de ambientes com soluções bonitas e criativas para residências. Dessa vez,  desenvolvidos sob dois conceitos,  Arquitetura da Felicidade e como Celebrar a Arquitetura Modernista Brasileira. A Arquitetura da Felicidade é tônica do Espaço Novos Talentos, que ocupa a Praça de Eventos, no térreo do Paço, e que visa aproximar o público dos profissionais. O segundo conceito  convida para Celebrar a Arquitetura Modernista Brasileira, no Espaço Talentos Consagrados.

Há, ainda, um novo setor da terceira edição da Mostra, no primeiro andar, criado especialmente pelo Paço Alfândega para receber as legendas da arquitetura pernambucana, através de visitação guiada, por estudantes de arquitetura, e que oferece experiência mais sensorial ao visitante. Outro destaque da Mostra são os papéis de parede de Martha Medeiros, designer e estilista de Alagoas, consagrada em todo o Brasil e até no exterior, cujas criações invadem as passarelas dos desfiles de moda tendo sempre como matéria prima o artesanato nordestino, principalmente a renda renascença.  Agora, há papéis de parede “by” Martha Medeiros. Seu trabalho ganha espaço na DeAaZ, não só em revestimentos, como também em molduras, como elementos decorativos nas paredes.

Ana Cláudia Thorpe (C), curadora da Mostra DeAaZ, com Nethe Lima (de vestido branco e preto), e Luiza Nogueira (D)

Outras peças da estilista – como vestidos e até croquis – também podem ser vistos, no espaço a ela dedicado, assinado por Luiza Nogueira.  O catálogo com o lançamento da nova linha de papéis de parede vem sendo apresentado a profissionais do segmento e a distribuição é exclusiva da a3revestimentos. “Estes produtos possuem tecnologia que oferece uma leitura 3D like e a sensação tátil das rendas artesanais brasileiras. Uma clara referência ao artesanato, marcante  alta-costura de Martha, que ela também usa em seus papéis, relata o empresário Marcelo Souza que, junto com Nethe Lima, comanda a a3design e a3revestimentos, cujos produtos constam de 25 ambientes ali representados. A curadoria do evento é de Ana Cláudia Thorpe. Em 2018, o homenageado é o arquiteto Carlos Augusto Lira.

Agora… Cá para nós, gosto muito dessas mostras sobre casa, mas algumas coisas me intrigam nos projetos de arquitetura: quartos de crianças com móveis com quinas em L (e não arredondadas, o que evitaria acidentes). Também não entendo elementos decorativos pontiagudos em quartos infantis. E não acho graça nenhuma em cadeiras desconfortáveis  e sem rodinhas em escritórios domésticos, pois só têm beleza, e são um saco para arrastar quando a gente se levanta.  Dispenso  assentos sem encosto, os chamados pufs, nada confortáveis. E – como adoro a identidade nordestina – senti falta de rede, palha, barro nas soluções apresentadas.  Você pode ir conferir a Mostra. Não paga nada para ver as novidades. E até pode arranjar inspiração ou encomendar a varanda de praia, cozinha, sala de leitura, quartos de pais e de filhos, entre outros ambientes ali  representados.

Leia também:
Casa Cor  preserva árvores nas Graças
Reforma para pior no velho casario
Antes que sumam os casarões
Casa Forte e casarões em risco
Parada criativa no Plaza Shopping 
Na rota dos velhos casarões

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Marcelle Louise/ Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *