No feriadão, cuidado com o tubarão

Na terça-feira – quando parques, praças e praias ficam lotados devido ao Dia do Trabalho – não custa nada lembrar os cuidados que os banhistas devem ter, caso tomem banho de mar no Grande Recife. O recente ataque de tubarão contra um banhista esse mês, em Jaboatão dos Guararapes, reacendeu o temor contra o peixe, que já provocou 63 ataques no nosso litoral, desde 1992, quando o problema se agravou.

Tomar banho em área de mar aberto implica em risco de ataque, mas muitos banhistas não seguem a regra.

Ao longo do litoral, há placas indicando os locais de risco. Muitas campanhas já foram efetuadas no Recife, para prevenção de ataques. E há um folder já muito divulgado, cujas recomendações devem ser sempre lembradas. Eu, que sou rata de praia, sempre levo ele comigo. sigo à risca o que recomendam o Cemit e o Corpo de Bombeiros. Vejam o que os especialistas aconselham.  Primeira precaução: nunca, mas nunca mesmo  – inclusive nos períodos de maré baixa – tomar banho em áreas de mar aberto (sem proteção de arrecifes). Nessas áreas, já houve ataques até em espaços muito rasos.

Evite, também, entrar na água nos seguintes pontos: Praia do Pina, Edifício Acaiaca (Boa Viagem), Hospital da Aeronáutica e Igreja de Piedade (em Piedade, Jaboatão dos Guararapes). Também não se recomenda banho na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho. Tem mais: não entre na água com a maré alta (quando os arrecifes ficam encobertos, mesmo em áreas protegidas). “Água no umbigo, sinal de perigo”, disse-me certa vez um bombeiro salva-vidas, em Boa Viagem. O banho deve ser evitado ao amanhecer ou ao cair da tarde, quando o tubarão fica mais ativo (e no feriado, o mar vai estar cheio à tarde. Cuidado, portanto).

Em Boa Viagem, na Zona Sul, muitos frequentadores só ficam em áreas protegidas pelos arrecifes. Estão corretos.

Tem mais.  Se a água não estiver transparente, o que é comum nesses dias de chuva, é melhor evitá-la.  No entanto, apesar dos temporais, tenho visto mar muito cristalino, quando vou a Boa Viagem. Sem medo de entrar na água, portanto. Dizem os pesquisadores, que o tubarão gosta de se camuflar nas águas turvas. E… nhec. Também não é bom ficar sozinho em áreas isoladas (contam que o bicho gosta de presas solitárias). Tem mais três coisas que não se deve esquecer: Primeiro, evitar entrar na água com qualquer tipo de sangramento (mulher menstruada, por exemplo). Segundo, não usar joias ou objetos brilhantes (que chamam a atenção do tubarão.dizem que ela adora um brilhantinho…). Terceiro, evitar entrar na água depois de ingerir bebidas alcoólicas. Portanto, curta sua praia no feriadão. Mas não esqueça as recomendações.

Leia também:
Há risco de tubarão em mar protegido?
O medo do tubarão da areia
“Cachoeira” diverte em Boa Viagem
O caminho das pedras em Boa Viagem
Praia do Porto da Barra: paraíso urbano
Boa Viagem ou Bocagrande?

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *