Hortas se espalham no Recife

Tornando-se cada dia mais frequentes em espaços urbanos do Recife – seja em morros, e em bairros populares e sofisticados – as hortas também vêm fazendo a diferença no Hospital Ulisses Pernambucano, que acolhe pessoas com problemas mentais. Também conhecido como Tamarineira, ele conta com 35  canteiros, com colheita semanal. Os alimentos são orgânicos (sem uso de agrotóxicos) e abastecem o público interno daquele equipamento de saúde, localizado na Avenida Rosa e Silva, na Zona Norte do Recife.

Ali, a horta virou terapia ocupacional para os usuários do serviço de saúde. Eles capinam, semeiam, cultivam e fazem replantio. A exemplo do que vem ocorrendo em áreas urbanas, onde as hortas estimulam a integração da comunidade, na Tamarineira ela tem sido utilizada para a promoção da qualidade de vida, a interação entre os pacientes. E também para buscar melhor saúde, já que não são utilizados produtos químicos no cultivo.

Profissionais que atuam no Ulisses Pernambucano destacam importância de horta para socialização dos pacientes.

“Muitos dos nossos pacientes são de origem rural. Com isso, buscamos também resgatar o que viveram em  épocas passadas, trazendo um bem estar natural”, explica o engenheiro agrônomo Minúcio Monteiro. Ele é  membro do Comitê Gestor do Horta em Todo Canto, programa do governo de Pernambuco, para produção de hortas em espaços públicos do Estado. A horta do hospital possui parcerias com a Universidade Federal de Pernambuco (UFRPE) e o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (CEASA).

Já foram colhidas hortaliças como quiabo, tomate, alface, pimentão, coentro, cebolinha, pimenta, berinjela, couve folha, cenoura e beterraba. Segundo o Palácio do Campo das Princesas, já somam 18, os órgãos oficiais com hortas próprias. Para dar suporte ao programa, foi instituída uma horta escola, na sede do Instituto de Pesquisas Agronômicas de Pernambuco, o Ipa, no bairro de San Martin. Segundo o governo estadual, 141 escolas estaduais já possuem hortas próprias.

Leia também:
Hortas fazem a festa nas escolas
Sementes que brotam na Zona Norte
Casa Amarela em campanha pela horta
Sementes que brotam na Zona Norte
“Isso não é  assalto, é horta no asfalto”
Curso de horta urbana no Sítio Trindade

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação/ Governo de Pernambuco

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *