Oficina de dança com muita ciência

Nada como soltar o corpo, improvisar uma coreografia, de acordo com cada ritmo. Quem leva jeito, tem uma boa notícia. O coreógrafo, dançarino e professor Eduardo Fukushima, de São Paulo, vai ministrar este mês a oficina de Introdução de Práticas Orientais e Improvisação em Dança. Infelizmente não é no Recife, mas em Jaboatão dos Guararapes. Realizadas pelo Sesc Piedade, as aulas vão acontecer na própria Unidade entre os dias 25 e 27 de abril, sempre das 19h às 22h.

A iniciativa é aberta para pessoas acima dos 18 anos, com alguma experiência artística e que tenham interesse nos estudos do corpo e movimento.  As vagas são poucas, só quinze. Então, é bom correr. A oficina será dividida em dois momentos. Na primeira etapa, serão compartilhadas práticas de respiração do Tai chi Dowing (linguage que tem como foco o estudo do caminho interno do movimento, a meditação em fluxo e a ativação e consciência do Chi, energia vital que percorre nosso corpo e que está presente em todos os seres viventes).É muita ciência, não é não?

Já a segunda fase terá como foco exercícios de improvisação, por meio de provocações através de vários questionamentos. Por exemplo:“Como estar só e juntos?” “Como criar algo em comum partindo da dança de cada um?” Ou “Como criar uma comunicação sutil entre corpos através do ar?” As inscrições estão abertas e os interessados em participar devem se dirigir ao setor de Cultura do Sesc Piedade, localizado na Rua Goiana, nº 40. Os interessados podem se cadastrar até o próximo dia 20 de abril. O custo é de R$ 25 (comerciários e dependentes) e R$ 50 (público em geral).

Leia também:
Cadê as quadrilhas tradicionais?
Quadrilhas: do arraial ao palco
O frevo inclusivo de Werison
Renata Tarub: dança e inclusão social
Hoje é dia de dança no Recife
Teatro, circo e dança de graça no Sesc

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação/ Sesc

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *