As palhaçadas das “Violetas da Aurora”

O Palco Giratório prossegue, hoje, com espetáculo no Teatro Capiba, no Sesc Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. E é ótimo para quem gosta de rir, porque vai dar muita palhaçada, já que o elenco entende desse assunto. É que o Grupo Violetas da Aurora dá um show de variedades, com apresentações individuais e uma coletiva. Para todo mundo morrer de rir.

São quatro palhaças, inclusive minha amiga Ana Nogueira, verdadeira mestra nessa arte. Elas apresentam vários números: Uruba e Lilão; Dona Pequena e os Rolamentos; Dança, Maroca; Sema e os Contatos Imediatos. A sessão começa às 20h. E o preço é baratinho; R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Já assisti algumas apresentações dessas meninas, durante Festival de Palhaçaria, que aconteceu no Recife no ano passado, reunindo mulheres palhaças do país e do exterior. Recomendo.  Dança, Maroca  conta a história de bailarina selecionada entre as finalistas num importante concurso de dança, em que superou candidatas do mundo todo com uma coreografia original e de difícil execução. Mas Maroca precisa superar a si mesma para provar que é a melhor do mundo. Só o público poderá ajudá-la. Já em Sema e os Contatos Imediatos, Rosa Madalena descobriu seus poderes de comunicação com o além e o astral ainda criança. Estudou adivinhação e magia com suas avós e recebeu instruções até da sua tatatatatatataravó. O que ela vê é sempre uma surpresa do mistério!

 

Já  Uruba  (Fabiana Pirro) que é domadora de um bicho enorme peludo e muito devorador resolve se amostrar, desfilar para o público enquanto seu patrão descansa. Mas quando começa a diversão, surge o Grande Artista que não a deixa desfilar, acabando com a brincadeira e começando uma outra na qual ele é que se apresenta. Uruba e Lilão são criaturas das profundezas e está ligação intima os leva para lugares ainda mais misteriosos.

E  em Dona Pequena e os Rolamentos, a protagonista (Ana Nogueira) tem uma missão antes de entrar em cena: encontrar um substituto para seu partner, o marido Arlindo, com quem trabalha há quase 30 anos, e que está doente. Nessa procura, a acrobata entrevista candidatos onde vai testando as possibilidades de cada um para desenvolver o número. O escolhido terá de encarar o público e rolar juto com Dona Pequena. Exatamente como Arlindo fazia! Quem vai encarar?  As palhaças do coletivo Violetas da Aurora são: Ana Nogueira, Sílvia Góes, Fabiana Pirro e Mayara Waquim. Teatro Capiba funciona no Sesc Casa Amarela, na Avenida Norte, 1190, no bairro da Mangabeira.  O acesso é fácil, e quem for de carro tem lugar de sobra para estacionar. Confira abaixo, a programação da noite dessa quarta, no Recife e em São Lourenço da Mata.

Leia também:
Palco Giratório começa em Casa Amarela
Palco Giratório no Parque da Jaqueira
Sesc prorroga expô do Mão Molenga
A saga dos santos resgatados
Jornalista, atriz, palhaça e amiga

Serviço:
4/4
 19h – Uruba e Lilão / Dona Pequena e os Rolamentos / Dança, Maroca / Sema e os Contatos Imediatos, do Violetas da Aurora (PE) – Espetáculo convidado – Teatro Capiba – Sesc Casa Amarela

4/4– 19h – Concerto Em Ri Maior – Cia Dos Palhaços (PR) – Espetáculo da Circulação Nacional – Sesc Ler São Lourenço da Mata

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação / Sesc

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *