Madeira irregular apreendida no Sertão

Pobres árvores… Dessa vez, foi na BR 116, no Sertão, onde a Polícia Rodoviária Federal apreendeu um caminhão com carga clandestina da madeira, proveniente do Norte do País. A mercadoria estava a caminho da Paraíba, e não possuía o Guia Florestal. O documento é obrigatório para quem carrega restos mortais de árvores, e que comprova que a madeira foi extraída de área de manejo ou de produção legalizada. Sem isso, ela deve mesmo ter sido vítima da famigerada motosserra insana.

De acordo com a PRF, o caminhão estava abandonado no acostamento daquela rodovia federal, à altura do município de Salgueiro, que fica a 518 quilômetros do Recife. Por esse motivo, foi recolhido ao pátio da PRF. O motorista foi encontrado depois, quando confirmou que a carga vinha do Pará com destino a João Pessoa.  Eram 36 metros cúbicos de madeira serrada, da qual ele apresentou apenas uma nota fiscal eletrônica. Transportar madeira ilegalmente, sem licença válida para viagem, pode render pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa. Mesmo assim, esse povo não aprende.

Leia também:
Madeira ilegal fica mais difícil
Operação apreende madeira ilegal
Desmatamentos ilegais em Aldeia
Árvores nativas contrabandeadas
Árvores viram pó no interior
Parem de derrubar árvores (no Sertão)
Salvem os ipês, por favor
Matas estão sumindo em Paulista
Mais matas devastadas em Paulista
Não deixe a Mata Atlântica se acabar

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: PRF/ Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.