Recife faz festa com boi voador

A festa vai ser boa. E não se limitará a um bolo de quase meia tonelada, como normalmente acontece nos aniversários do Recife. Nos 481 anos da cidade, a Prefeitura informa que preparou evento gigante, para assinalar a data. Serão dois dias de comemorações, que têm início no domingo (11), com direito a desfile de agremiações carnavalescas e encenação teatral que vai ter até boi voador, referência a um dos mais curiosos episódios da história da cidade, quando o Conde Maurício de Nassau fez um boi “voar”, ao inaugurar a primeira grande ponte do Brasil, no século 17.

A ponte em questão era uma estrutura de madeira,  que foi substituída por uma de concreto em 1917, e que é chamada hoje de Ponte Maurício de Nassau. O espetáculo O Boi Voador é dirigido por José Pimentel e Ruy Aguiar e terá o Boulevard Rio Branco (foto) que, com seu casario antigo,  servirá como cenário. Toda a população está convidada, para reviver uma das mais pitorescas passagens da nossa história, quando o holandês fez um boi “voar”. Cumpria, assim, promessa feita à população de realizar aquele “milagre”, quando conseguisse entregar a ponte, que foi de difícil construção. Contam até que o empreendimento teria chegado a consumir recursos pessoais do príncipe.

Ao contrário da festa de Nassau , que cobrou ingressos dos recifenses ( e arrecadou 1.800 florins), o boi do século 21 vai voar de graça. Ou seja, ninguém vai pagar para assistir à encenação.  Inclusive será o final do roteiro de mais um dia de passeio pelo Projeto Olha! Recife. No domingo, no bairro do Recife haverá uma edição do Recife Antigo do Coração Especial de Aniversário, com atividades esportivas e com a encenação teatral  naquela área (às 18h). O público vai contar com polo cervejeiro (só com cervejas artesanais de Pernambuco), shows no Marco Zero e desfile de agremiações carnavalescas. Haverá apresentações de maracatus, caboclinhos, bonecos gigantes, blocos líricos. Ou seja, um verdadeiro carnaval, clima que se repete na segunda, 12, quando 33 agremiações premiadas no carnaval de 2018 ganham as ruas, entre clubes de frevo, bois, bonecos gigantes, maracatus (de baque solto e virado) , ursos, blocos líricos E, para os gulosos, ainda vai ter bolão de aniversário, com  400 quilos.  Ou 3.500 fatias individuais.

Leia também:
Olha! Recife: rio, ponte e boi voador
Revolução de 1817 no Olha! Recife

Conheça o Recife através dos tempos
Boulevard precisa de reparos
Minha tarde no Olha! Recife
Minha tarde no Olha! Recife (1)

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *