Presença da mulher no Olha! Recife

Você tem alguma coisa a fazer na tarde dessa quarta-feira? Se não tiver, aproveite a oportunidade para conhecer melhor a história da presença feminina em ruas, largos, praças, pátios e até pontes do Recife. Pelo menos, esse é o tema do Olha! Recife desse dia 7, véspera do Dia Internacional da Mulher. Como vocês sabem, o Olha! Recife é o programa se sensibilização turística da Prefeitura, que oferece passeios gratuitos a pé, de barco ou de ônibus. Todos, claro, com guia. E o de hoje é a  pé, saindo às 14h da Praça do Arsenal.

O roteiro é muito oportuno e revela algumas surpresas. Pelo menos para mim, pois há fatos que eu desconhecia por completo, segundo apurei, ao indagar detalhes do roteiro à Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife. O passeio percorrerá algumas das poucas ruas do Recife com nomes de mulheres, como a Dona Maria César, no Recife Antigo. Sabe quem foi? Se não sabe, vai saber. Também inclui pontes como a Maurício de Nassau, cujo nome embora seja dedicado a um príncipe, as alegorias de suas cabeceiras são todas femininas. E quem são elas?

Entre as figuras femininas abordadas no passeio do Olha! Recife estão Júlia Santiago (a primeira vereadora do Recife), Cristina Tavares (ex-deputada já falecida), e Clarice Lispector (escritora que passou a infância no Recife). O passeio terminará no nosso popular Pátio do Terço – local que considero como um dos mais característicos do Recife – com o relato da história Badia e Dona Santa, mulheres que lutaram pela preservação dos costumes dos seus ancestrais africanos. Então, vamos nessa?

Leia também:
Revolução de 1817 no Olha! Recife
Luzes da cidade no Olha! Recife
As vacas do sucesso no Olha! Recife
Olha! Recife vai pelo Poço da Panela
Cidade assombrada no Olha! Recife
Minha tarde no Olha! Recife
Minha tarde no Olha! Recife (1)

Serviço:

Olha! Recife a pé
Tema: Presença feminina no Recife
Quando: quarta, dia 7
Horário: 14h
Local da saía: Praça do Arsenal, Recife Antigo
Inscrições: Foram encerradas na última sexta, mas como o passeio é a pé, sempre cabe mais um.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação / PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *