Dia de caminhadas no Recife e Olinda

Hoje sacrifico a praia, para participar de um programa saudável, que vem se disseminando pelo Recife: as caminhadas em grupo. Porque são saudáveis: nos obrigam a exercícios físicos, estimulam as relações entre as pessoas e, por fim, nos ajudam a conhecer melhor a cidade em que moramos. No caso do Recife, já conheço bem, porque ando quase todos os dias. Mas amanhã, tem mais uma edição das Caminhadas Domingueiras, lideradas por Francisco Cunha. Só que, em sua vigésima primeira versão, ela se transfere para as ladeiras de Olinda. Já sei que vai me faltar o fôlego algumas vezes, pois como caminho sempre em cidade plana (Recife), sinto uma certa dificuldade quando enfrento ladeiras como a da Misericórdia, por exemplo. Então, vai ser melhor ainda.

Participo de pelo menos três grupos que costumam andar pela cidade: MeninXs na Rua, Caminhadas Domingueiras, e Caminhadas Pilateiras. Aliás, quatro, porque o quarto é o Grupo do Eu Sozinha. Às vezes, os horários  dos programas coincidem e termino pegando um pedaço de uma e um pedaço da outra. Mas normalmente elas ocorrem em dias opostos. Meu último percurso com o pessoal das Domingueiras foi pelos bairros de Casa Forte, Poço da Panela, Santana, Jaqueira, Graças.  No percurso anterior, estive no bairro da Várzea, indo até a Oficina Brennand, por trilha na vegetação exuberante do que resta ali da nossa degradada Mata Atlântica. Já a última caminhada noturna dos MeninXos foi um sucesso, há oito dias. Não pude participar, porque estava em viagem na Colômbia, mas acompanhei de perto os seus passos e resultados pelas redes sociais. Apesar da distância.

Caminhada noturna sobre assombrações do Recife fez o maior sucesso entre no Grupo MeninXs na: mais de 140  pessoas..

Fiquei impressionada como o tema Assombrações mexe com o imaginário do recifense: foram  mais de 140 caminhantes, um recorde do MeninXs. E choveram elogios à organização, pois a turma se preparou bem para contar histórias assombradas, via Agenor Tenório, cicerone do grupo. Ele tomou por base o livro Assombrações do Recife Velho, de Gilberto Freyre, um clássico sobre o assunto. Foram seis quilômetros de cultura e pura diversão. Teve até quem já fosse no clima, com roupas de bruxas. “Parabéns, Agenor, pela assombrosa  experiência que nos proporcionou”, postou no WhatsApp Arlete Falcão. “Foi uma caminhada muito cultural”, elogia Ciclone Andrade. Os caminhantes só lamentaram não ter condições de ir até a Cruz do Patrão, um “dos locais mais assombrados do Recife”, monumento infelizmente abandonado pelo poder público.

Denúncias sobre o abandono vêm sendo postadas pelo historiador Leonardo Silva, no Grupo Amantes do Recife, via Facebook. No domingo (21), praticamente nos mesmos horários, teremos gente andando em grupo nas ruas. O Caminhadas Domingueiras estará nas ladeiras de Olinda. O MeninXs na Rua faz roteiro que percorro quase diariamente, entre o Parque da Jaqueira e o Colégio Marista (em Apipucos), um caminho muito familiar para mim. Então, vou de Olinda, à vigésima primeira versão das Caminhadas Domingueiras. A iniciativa tem apoio do Fundo SocioAmbiental Casa e do Mobicidade, e integra o Projeto Olhe pelo Recife, do Observatório do Recife. Vamos, pois, às ladeiras de nossa querida Olinda, nossa Cartagena. Depois compararei a situação do nosso patrimônio com o da histórica cidade da Colômbia, onde estive na semana passada. Gostaram?

Leia também:

Fantasmas e caminhadas domingueiras
No rastro das caminhadas domingueiras
As saudáveis caminhadas de domingo
Uma “piscina” no meio do caminho
O ar refrigerado da mata sob o sol
No metrô com saudade do velho trem
Calçadas nada cidadãs
No caminho dos baobás
Conhecendo a Mata Atlântica
Praça Tiradentes é exceção da regra
O oásis do Hipódromo

Texto: Letícia Lins/ #OxeRecife
Fotos: Agenor Tenório/MeninXs na Rua/Divulgação 

Compartilhe

2 comentários

  1. Letícia, bom dia, como faço para participar desses grupos de caminhadas. Sempre gostei de caminhar, tanto em grupos, numa boa conversa, como também sozinho, para ter também um bom papo com os meus botões. Espero seu contato. Uma ótima terça, e eu já comecei a minha com 4 km de caminhada. Um grande abraço.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.